Cody Garbrandt evita provocações de TJ Dillashaw: ‘não quero gastar minha energia nisso’

Ao contrario do primeiro confronto, Garbrandt mudou a atitude e mantem-se calado as ofensas do adversário

C. Garbrandt (foto) vai à procura da desforra, pois sua única derrota na carreira foi para o rival no UFC 217. Foto: Reprodução/Facebook UFC

O provocador Cody Garbrandt parece ter mudado de atitude após no primeiro confronto com TJ Dillashaw quando perdeu o cinturão dos galos. No combate, ‘The Viper’ superou ‘No Love’ com um nocaute no segundo round no UFC 217 em novembro do ano passado. Em entrevista ao site “Combate.com”, o ex-campeão explicou que depois de se torar pai seu comportamento mudou e está mais cuidadoso com o que fala.

Garbrandt confirma que desde o nascimento de seu primeiro filho Kai, há cinco meses, a forma com que lida com a vida mudou. Assim, as vésperas da revanche com rival, não quer entra nas provocações de Dillashaw.

Veja Também

TJ Dillashaw dispara contra Cody Garbrandt: ‘Vou arruinar a carreira dele’
TJ Dillashaw x Cody Garbrandt fazem revanche por cinturão dos galos no UFC 222

“Ter me tornado pai me mudou completamente. Não tenho tempo para isso (bate-boca). Na verdade não quero gastar minha energia nisso. Quero passar tempo em família. Às vezes vejo posts nas redes sociais dele e acho até engraçado, mas na verdade não é. Deposito minha energia em um caminho positivo, prefiro ficar com a minha família e fechar meu círculo para coisas negativas não entrarem”, explicou Cody.

Garbrandt, mesmo em seu ‘estado zen’, não evita ‘alfinetar’ seu rival e acredita que ele é um idiota por tentar provocá-lo. Ele crê que o ex-companheiro de Team Alpha Male quer promover a luta e assim ganhar mais dinheiro.

“Ele está tentando me envolver em um bate-boca, mas é um idiota. Está tentando chamar a atenção por conta do pay-per-view e tentando ganhar o máximo de dinheiro que puder. E ele sabe que essa é a sua última luta como campeão, então está aproveitando para ganhar dinheiro. Acho até engraçado. Vamos ver no sábado se ele continua falando. Sei que estou focado em 25 minutos de luta”, disse Garbrandt.

A estratégia do ex-campeão no novo enfrentamento será manter o foco. Ele também aposta em seu muay thai, pois passou um mês Tailândia para apurar sua técnica. “Estou mais treinado, mais forte e principalmente com mais foco. Essa é o principal ponto: foco. Não vai dar pro TJ. Ele não vai ser capaz de pegar minha velocidade, minha força e o ritmo que vou impor a ele”, disparou.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário