McGregor admite que ficou ‘verdadeiramente feliz’ com a vitória de Aldo no UFC Calgary

O ex-campeão dos pesos penas e leves afirmou que foi bom ver seu antigo rival alcançar uma grande vitória

C. McGregor (foto) afirmou que toda a Irlanda ficou feliz com a vitória do campeão do povo no sábado. (Foto: Reproducao/Twitter UFCNews)

Com uma rivalidade desde novembro de 2015 quando Conor McGregor nocauteou Jose Aldo em apenas 13 segundos no UFC 194 em Las Vegas. Os antagonistas em três anos compartilharam uma história cheia de conflitos e provocações. Mesmo assim, depois de uma vitória do brasileiro sobre Jeremy Sthepens no UFC Calgary, Notorious surpreendeu a todos ao admitir que estava genuinamente feliz em ver seu antigo rival vencer.

Veja Também

Retorno de Conor McGregor deve ocorrer em Nova York neste ano
Conor McGregor avisa: “Estou de volta”

“Eu fiquei muito feliz por ele, sinceramente. Ver a alegria que ele teve depois da luta… É um ramo louco, e sei que ele passou por muita coisa, então vê-lo voltar e encerrar a luta, fiquei muito feliz por ele e por seu treinador André Pederneiras. Toda a Irlanda ficou feliz por José Aldo naquela noite”, contou McGregor em entrevista ao site “TMZ Sports”.

Em sua carreira, Aldo conquistou o título dos penas do antigo, WEC em 2009 e em sua estreia no UFC unificou os cinturões da categoria. Depois disso, foram 10 anos de invencibilidade, até encontrar Conor no octógono no MGM Grand Garden Arena. Com a perda da cinta, Zé em três lutas venceu apenas uma para Frankie Edgar no UFC 200. As duas derrotas foram para o campeão da divisão, Max Holloway.

No sábado durante o UFC Calgary, o campeão do povo foi contra as apostas e surpreendeu o público ao nocautear Jeremy Sthepens a 4m19s do R1.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário