EFC Worldwide 72: saiba como lucrar com o evento africano

Disputa de cinturão entre Martin Van Staden e Dave Mazany é o destaque do final de semana

No próximo final de semana não teremos eventos pelo UFC, mas nem por isso você deixará de faturar nas apostas online em MMA. Afinal, neste sábado (11), a partir das 13 horas (horário de Brasília), acontece no GrandWest Casino and Entertainment World, na Cidade do Cabo, África do Sul, o EFC Worldwide 72, com disputa de cinturão dos pesos-leves entre o lutador local Martin Van Staden e o desafiante norte-americano Dave Mazany.

O Extreme Fighting Championship realiza 10 eventos ao ano, e vem conquistando fãs não apenas na África, mas em todo o planeta. A organização conta com mais de 120 atletas contratados, e já lotou algumas das maiores arenas do continente.

Confira as melhores opções de investimento no EFC Worldwide 72 segundo as cotas do Oddsshark.com e diversifique as suas apostas.

Martin Van Staden x Dave Mazany

Aos 35 anos de idade, o experiente Martin Van Staden se encaminha para sua 17ª luta pelo EFC, e o retrospecto até aqui tem sido positivo. O sul-africano contabiliza 12 vitórias e quatro derrotas pela divisão dos pesos-leves. Ele está invicto desde 2016, e venceu suas últimas quatro lutas, contra Kalenka Kabanda, Christian Holley, Leon Mynhardt e Martin Van Staden, todas por nocaute técnico.

Esta última lhe valeu o cinturão, que ele fará de tudo para defender diante do seu torcedor.

O lutador desafiante também não é nenhum novato. Dave Mazany tem 34 anos, e a exemplo de Martin Van Staden, já teve a honra de ostentar o cinturão. A perda do título aconteceu no EFC Wordwide 58, em abril de 2017, quando foi finalizado por Don Madge, o “Magic Man”.

A volta por cima do norte-americano veio com os triunfos sobre Themba Takura Gorimbo e Chris Bright, ambos por nocaute técnico, que o credenciaram a lutar novamente pelo direito de ocupar o primeiro posto no ranking da divisão. Mazani tem um cartel de 16 vitórias, metade delas por nocaute, e sete derrotas.

As cotas indicam grande equilíbrio, mas o atual campeão conta com um ligeiro favoritismo. Caso Martin Van Staden consiga manter o cinturão, cada real investido retornará R$ 1,72 ao bolso do apostador. Por outro lado, se o vitorioso for Dave Mazany, a lucratividade será um pouco mais alta, chegando à casa de 100%.

Gideon Drotschie x Jenaid Ebanks

Na co-luta principal do evento, o ex-campeão dos meio-médios Gideon Drotschie tenta a sorte em uma nova divisão. A fase não anda boa já há algum tempo para o sul-africano. O lutador subiu ao octógono apenas quatro vezes desde que perdeu o cinturão para Norman Wessels no EFC 35, em novembro de 2014, e ainda voltou a ser derrotado, por Dalcha Lungiambula e Warren Allison, em seus compromissos seguintes.

Já o inglês Jenaid Ebanks chega como franco-atirador. Apesar de ter 35 anos de idade, ele é bastante inexperiente, e fará apenas a sua quarta luta como profissional. Nas duas primeiras, ele até se deu bem, finalizando Marcin Protsko e Andrew Connor, mas provou do seu próprio veneno contra Mikkel Kasper, que aplicou um mata-leão para tirá-lo de combate.

Apesar dá má fase, Drotschie é um lutador de carreira muito mais consistente, e lutando em seu país, tem totais condições de retomar o caminho das vitórias. O sul-africano ocupa a posição de número seis no ranking, enquanto o inglês é o 56º.

Segundo o Oddsshark.com, Drotschie é muito favorito, com um retorno de 28% para a vitória. Jenaid Ebanks, por sua vez, não aparece nada bem avaliado, e tem seu triunfo cotado em R$ 3,30 por cada real apostado.

Luke Michael x Armand Scheepers

O combate entre os sul-africanos Luke Michael e Armand Scheepers pela divisão dos pesos-médio é mais um que apresenta que apresenta grande desequilíbrio na correlação de forças.

Melhor para o apostador, que pode faturar R$ 2,75 sobre cada real investido em caso de vitória de Luke Michael. O lutador, que iniciou a carreira no ano passado, causou uma ótima impressão em seus dois primeiros combates, mas em seguida não foi capaz de repetir o desempenho, e perdeu para Nerick Simões e Call Ellenor. Ele agora busca recuperação.

Armand Scheepers, por sua vez, é um lutador bissexto, que desde 2015 realiza apenas um combate por ano. No último, perdeu pra Gunter Kalunda Ngunza, quebrando sua invencibilidade na carreira. Apesar deste retrospecto, a maior experiência pesa a seu favor, e o torna favorito para vencer a luta, com uma margem de retorno de 40%.

EFC Worldwide 72

11 de agosto de 2018, na Cidade do Cabo (África do Sul)

A partir das 13 horas (horário de Brasília)

Peso-leve: (R$ 1,72) Martin Van Staden x Dave Mazany (R$ 2,00)

Peso-médio: (R$ 1,28) Gideon Drotschie x Jenaid Ebanks (R$ 3,30)

Peso-galo: (R$ 2,40) Faeez Jacobs x Tumisang Madiba (R$ 1,50)

Peso-pena: (R$ 1,61) Shana Adrienne Power x Paulwethu Namba (R$ 2,20)

Peso-meio-médio: (R$ 2,75) Luke Michael x Armand Scheepers (R$ 1,40)

Deixe seu comentário