Brave anuncia dupla disputa de cinturão para Abu Dhabi

Carlston Harris, campeão dos meio-médios, e Elias Boudegzdame, dono do cinturão dos penas, defendem reinados contra Jarrah Al-Selawe e Bubba Jenkins

Brave 16 traz disputa de cinturão na luta principal. Foto: Divulgação

Logo após anunciar seu calendário para o restante de 2018, o Brave Combat Federation divulgou duas lutas do card que marcará o retorno da promoção aos Emirados Árabes Unidos: os campeões Carlston Harris (meio-médio) e Elias Boudegzdame (pena) enfrentam Jarrah Al-Selawe e Bubba Jenkins, respectivamente. O Brave 16 está marcado para o dia 21 de setembro, em Abu Dhabi.

Veja Também

Ex-campeão do UFC acusa médico de universidade por abuso sexual
PROMOÇÃO! Monster Energy oferece experiência VIP no UFC São Paulo

Harris não luta desde agosto do ano passado, quando conquistou o cinturão inaugural até 77 kg com vitória dominante sobre o inglês Carl Booth, no Brave 8, em Curitiba. Nascido na Guiana, “Moçambique” treina e mora no Rio de Janeiro há mais de sete anos. Ele enfrentará Al-Selawe, que se tornou o lutador mais vitorioso da história da organização, com cinco triunfos, ao dominar o perigoso franco-argelino Tahar Hadbi em sua última apresentação, no Brave 12, na Indonésia. O duelo entre os dois servirá como a luta principal do Brave 16.

Já Boudegzdame terá o maior desafio de sua carreira. “Smile” vem de seis vitórias seguidas, com cinco finalizações e um nocaute técnico. O franco-argelino conquistou o cinturão diante de Masio Fullen no Brave 4 e tornou-se o primeiro campeão a defender o título, quando também finalizou Jakub Kowalewicz em março. Bubba Jenkins, por sua vez, fará sua estreia pelo Brave Combat Federation após assinar um contrato de longo prazo com a promoção. Campeão universitário Divisão I de wrestling nos Estados Unidos, Jenkins treina na Black House e tem um cartel de 12 vitórias e quatro derrotas.

O Brave 16 marcará a segunda vez da maior organização de MMA do Oriente Médio nos Emirados Árabes. O primeiro show foi o Brave 4 que, curiosamente, sagrou Boudegzdame como campeão. Ainda em 2018, a promoção visitará Marrocos, Colômbia, Paquistão, Bahrein, África do Sul, Arábia Saudita e Índia.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário