Vídeo: Lutador de MMA fica inconsciente por 90 segundos: ‘Eu vi a morte tão perto’

Melquizael da Conceição passou por momentos de terror durante o Demolidor Fight, mas já está recuperado e passará por novos exames

Momento que R. Barbosa encaixa o triângulo de mão. Foto: Reprodução/Youtube

Uma das lutas do Demolidor Fight 13, no sábado (18), em Bauru-SP, proporcionou uma das cenas mais chocantes do MMA e tem causado polêmica. O confronto entre Melquizael “Melk Kaut” da Conceição e Rafael ‘Coxinha’ Barbosa valia o cinturão peso leve da organização. Coxinha terminou vitorioso após finalização no terceiro round. A luta só foi encerrada quase dois minutos depois do triângulo de mão ser encaixado, após Melk aparentemente convulsionar na posição.

Veja Também

Vídeo: Lutadores brigam no cage após interrupção de árbitro
Vídeo: Lutador de MMA finge ataque cardíaco e quase vence por nocaute

Coxinha avisa ao árbitro quando sente o corpo do adversário amolecer. “Eu encaixei o triângulo e eu sabia que estava muito justo, pois sou bom nesse triângulo. Só que, quando ele desceu, ele deu uma afrouxada no corpo, e eu falei para o juiz imediatamente: “Ele apagou”. E o juiz disse que não tinha apagado. Então eu afrouxei a pegada, porque eu sabia que ele tinha apagado, mas ainda estava preso, porque ainda queria vencer a luta. O árbitro ficou falando com o córner (do Melk); não é para escutar o córner, ele quer que o atleta deles vença! Aí ele começou a mexer a perna, mas acho que foi de convulsão. O juiz mandou soltar depois de quase dois minutos. Eu avisei duas ou três vezes o árbitro”, contou Rafael, ao site “Combate.com”.

Segundo o empresário de Conceição, Adriano Vilela, Melquizael seguiu desacordado por 10 minutos até abrir os olhos. O lutador relembrou momentos entre o atendimento e a chegada ao hospital:

“Foi a pior experiência da minha vida, não por ter apagado, mas pelo tempo que fiquei apagado. Quando acordei, voltou a visão, mas não conseguia respirar. As pessoas estavam me chamando, eu comecei a ver o meu mestre, mas estava imóvel, não conseguia mexer meu corpo e estava tampada minha respiração. Colocaram máscara de oxigênio em mim, e aí que não consegui respirar mesmo. Só consegui balançar a cabeça para tirar a máscara, e ouvi meu mestre dizer que o cara colocou a máscara mas não ligou o aparelho. E nisso, fui voltando devagar a respirar, mas começou a ficar embaçada a minha visão, ia e voltava. Eu estava consciente, mas a visão estava embaçada. Começou a voltar o fôlego de novo, (…) me levaram para a ambulância, eu apaguei de novo e voltei, mas secou muito minha garganta, parecia que minha língua estava agarrando na garganta. Pedi um pouco de água e me disseram que eu não podia beber água ainda. No hospital, me deram soro e eu finalmente fiquei bem, falei com minha esposa e tranquilizei”, disse.

Apesar de Mequizael já estar recuperado, ele deve se submeter a mais exames. Vilela pretende cobrar do evento pelo custo dos exames, e processá-los como responsáveis pelo erro.

Vídeo: Finalização de Rafael ‘Coxinha’

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments