Presidente do UFC admite: ‘Acho que jogo mental de McGregor afetou Khabib’

Dana White acredita que o campeão russo foi influenciado pelo comportamento de ‘Notorious’ durante coletiva da imprensa em Nova York (EUA)

D. White (cen.), C. McGregor (dir.), K. Nurmagomedov (esq.) vão se encontram no UFC 229. Foto: Reprodução/Instagram ufc

A coletiva de imprensa para promover a luta entre Conor McGregor e Khabib Nurmagomedov no UFC 229 foi realizada na quinta-feira (20), em Nova York (EUA). Sem dúvida, ‘Notorious’ dominou a cerimônia. Ele falou alto, colocou os pés na mesa, bebeu uísque com Dana White e ainda teve tempo de provocar seu arquirrival. Enquanto isso, o campeão dos leves foi comedido e manteve a seriedade. Segundo o presidente da franquia, o russo foi afetado pelo “show” do irlandês.

Veja Também

Em coletiva quente, McGregor crava: ‘Se Khabib desce daquele ônibus, ele estaria morto’
Vídeo: Em busca do cinturão dos leves, McGregor mostra sua rotina de treinos

“Eu acho que o jogo mental de Conor McGregor afetou, sim, Khabib mentalmente. Claro que Khabib estava com a mentalidade de não se deixar influenciar, mas algumas vezes ele explodiu e começou a responder e a discutir com Conor. Ouça, Conor é o mestre da guerra mental, ele consegue entrar mesmo na cabeça das pessoas e hoje ele foi com tudo para cima do Khabib”, admitiu Dana em entrevista ao site do canal Combate.

Em muitos momentos durante a coletiva, McGregor tentou atacar Nurmagomedov. Com isso, o presidente do UFC reconheceu que ficou apreensivo que o confronto acontecesse no palco do Radio City Music Hall.

“Eu sempre fico preocupado quando as coisas podem chegar à agressão física, então eu tentei fazer o melhor possível para deixá-los distantes um do outro, sem se aproximarem”, explicou White.

Prevendo um possível confronto físico antes do UFC 229, o Ultimate restringiu as participações dos lutadores em coletivas e até uma turnê mundial. A preocupação foi tanta que durante a encarada, os atletas foram escoltados por oficiais do departamento de polícia de Nova York.

“Claro que nós estávamos preocupados que alguma coisa fosse acontecer com relação à segurança, assim como a Comissão Atlética de Nova York e a polícia local, então nós cuidamos disso”, disse Dana.

De acordo com White, o esquema policial será ainda maior durante o UFC 229. “Com certeza, vamos ter uma quantidade absurda de segurança nesse evento”, concluiu o presidente da franquia.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário