Khabib recebe quase R$2 mi de multa por briga com McGregor; Irlandês paga ‘apenas’ R$180 mil

Lutadores foram julgados pela briga após o duelo válido pelo cinturão dos leves; Além da multa, eles foram suspensos só podem voltar a competir em abril

Conor (esq) e Khabib (dir) foram julgados neste terça. Foto:Reprodução/Twitter UFC

A confusão entre Khabib Nurmagomedov e Conor McGregor no UFC 229, em outubro, chegou ao fim nesta terça-feira (29). A Comissão Atlética de Nevada, entidade responsável por sancionar o evento, julgou os atletas pela briga após o combate. Os lutadores que poderiam receber uma longa suspensão, tiveram a maior pena no bolso e foram penalizados com uma multa salgada.

Veja Também

Lutadora de jiu-jítsu morre baleada em festa de aniversário
UFC 229 quebra recorde ao gerar mais de R$ 300 milhões de impacto econômico em Las Vegas

Khabib, que foi considerado pela comissão como o causador do atrito, foi multado em US$ 500 mil, cerca de R$ 1,850 milhão na cotação atual. Além disso, ele recebeu de gancho de ‘apenas’ nove meses, mas pode voltar a competir em seis meses, caso faça uma ‘ação antibullying’.

Por sua vez, McGrregor pagou uma multa bem mais modesta: US$ 50 mil, R$ 180 mil aproximadamente, mais uma suspensão de seis meses.

Como as penas são retroativas ao dia do evento, 6 de outubro, os lutadores já podem estar liberados para lutar no dia de 6 de abril.

Relembre o que aconteceu

Conor McGregor e Khabib Nurmagomedov se enfrentaram na luta principal do UFC 229, dia de 6 outubro, após meses de provocações e brigas nos bastidores. No aguardado duelo, o russo finalizou o irlandês e comemorou gritando na cara do rival.

Na sequência, ele saltou as grades do octógono e agrediu Dillon Danis, treinador de jiu-jitsu de McGregor. No mesmo momento, Zubaira Tukhugov, parceiro de treinos de Nurmagomedov, invadiu o octógono e agrediu Conor pelas costas. Uma confusão teve início no octógono e a polícia precisou intervir.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário