Após estreia vitoriosa, Kron Gracie planeja luta no UFC 237 em Curitiba

Em sua primeira luta no Ultimate, o brasileiro finalizou Alex Caceres no primeiro round; Após o duelo, ele projetou sua volta ao octógono no evento na capital paranaense, dia 11 de maio

K. Gracie fez sua estreia no Ultimate no UFC Phoenix. Foto: Reprodução/Instagram @ufc_brasil

Em sua estreia no Ultimate, Kron Gracie finalizou Alex Caceres com um mata-leão aos 2m06s do primeiro round no UFC Phoenix, domingo (17). Com o triunfo, o brasileiro encerrou o jejum de 25 anos da família Gracie sem ganhar na organização. Após o combate no card principal, o filho de Rickson projetou sua volta ao octógono.

Veja Também

Kron Gracie finaliza Alex Caceres, quebra jejum da família e estreia com vitória no UFC Phoenix
Vídeo: Assista à finalização de Kron Gracie sobre Alex Caceres no UFC Phoenix
Kron Gracie e Vicente Luque embolsam R$ 185 mil de bônus no UFC Phoenix

Em entrevista ao site do canal Combate, Kron revelou que deseja fazer sua segunda luta no primeiro semestre de 2019. O faixa-preta planeja um confronto no UFC 237, em Curitiba, dia 11 de maio, na Arena da Baixada.

“É em maio, né? Eu acho que seria bom. Seriam três meses. Tenho condições de lutar em maio, com certeza. Lutei nos EUA, Japão, agora Brasil. O mundo todo”, disse o faixa-preta.

Às vésperas do evento, o brasileiro revelou que esperava um lutador melhor que Alex Caceres para enfrentá-lo em sua estreia. Entretanto, após derrotar ‘Bruce Leeroy’, Kron afirmou que não tem um adversário em mente para o próximo combate.

“Preciso ver quem está bem na categoria. Não foquei em outros caras nesse camp. Agora que acabou a luta, poderei pensar no adversário”, contou o peso pena.

A preparação de um ano para o debute no Ultimate rendeu a Kron uma vitória por via rápida e o bônus de ‘Performance da Noite’ do UFC Phenix. Empolgado, o filho de Rickson disse que foi a melhor estreia possível.

“Sempre espero que pode ser muito pior, mas foi a melhor possível. Quero fazer uma luta em breve e mandar brasa. Eu não sei o que aconteceu. Sei que peguei as costas e falei: ‘Ele não vai sair mais’”, concluiu Kron.

Com a vitória, o filho de Rickson Gracie mantém a invencibilidade após cinco lutas no MMA profissional. Kron não lutava nas artes marciais mistas desde dezembro de 2016 no Rizzin 4, quando finalizou Tatsuya Kawajiri no segundo round.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário