UFC Wichita: Cigano vence Lewis por nocaute e volta a sonhar com cinturão

Lutador brasileiro derrotou o terceiro colocado no ranking dos pesados e almeja a chance de reconquistar o título que foi seu entre 2011 e 2012

Cigano vence Lewis no UFC Wichita. Foto: Reprodução / Facebook @ufc

Júnior Cigano está de volta a briga pelo cinturão dos pesos pesados! O brasileiro, que ficou 14 meses afastado das competições por uma acusação de doping – ele foi inocentado por comprovar que ingeriu suplementos contaminados – emplacou sua terceira vitória consecutiva na organização. Na noite deste sábado (09), na luta principal do UFC Wichita, o catarinense não tomou conhecimento de Derrick Lewis e nocauteou o terceiro colocado do ranking no segundo round.

Veja Também

VÍDEO: Assista o nocaute espetacular de Júnior Cigano sobre Derrick Lewis no UFC Wichita
UFC Wichita: Elizeu Capoeira finaliza Curtis Millender e pede: ‘luta contra top 5 ou o cinturão’
Serginho Moraes sofre com movimentação de rival e perde no UFC Wichita

Ainda no octógono, o brasileiro não perdeu a oportunidade de pedir a chance pelo título, que já foi seu entre 2011 e 2012. “Como esses caras podem estar na minha frente? Eu quero minha chance ao cinturão”, disparou

A luta

O combate entre os pesos pesados começou estudado, com nenhum dos atletas querendo deixar espaços para ser atacado. O norte-americano, visivelmente maior e mais pesado, surpreendeu no início com alguns golpes plásticos, como uma joelhada voadora e até chute em dois tempos. Mas o brasileiro se esquivou bem. Por sua vez, Cigano atacava com movimentação, evitando ficar parado para não receber os potentes golpes de Lewis.

Na metade do primeiro round, Junior conectou um chute na linha de cintura e Derrick chegou a se encolher. Porém, quando o brasileiro foi pra cima, ele quase foi surpreendido com um golpe de direita. Na sequência, Cigano ainda somou pontos com o rival acuado próximo a grade.

No segundo assalto, Lewis tentou chutar a base do brasileiro para impedir sua movimentação, mas o Cigano evitava de ficar parado e frustrava o rival. A vontade no octógono, o catarinense combinou jab e direto, que fizeram o norte-americano, novamente, se encolher. Dessa vez, ele não perdeu tempo e com uma sequência de golpes levou o rival ao chão e obrigou o árbitro Herb Dean a interromper o confronto e decretar o nocaute técnico.

Resultados do UFC Wichita

CARD PRINCIPAL:

Peso pesado: Júnior Cigano derrotou Derrick Lewis por nocaute a 1m58s do R2

Peso meio-médio: Elizeu Capoeira finalizou Curtis Millender com um mata-leão a 2m35 do R1

Peso meio-médio: Niko Price derrotou Tim Means por nocaute a 4m50 do R1

Peso pesado: Blagoy Ivanov derrotou Ben Rothwell na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Peso leve: Beneil Dariush finalizou Drew Dober com uma chave de braço a 4m41s do R2

Peso médio: Omari Akhmedov derrotou Tim Boetsch na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 30-27)

CARD PRELIMINAR:

Peso meio-médio: Anthony Rocco Martin derrotou Serginho Moraes na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 30-27)

Peso galo: Yana Kunitskaya derrotou Marion Reneau na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Peso leve: Grant Dawson derrotou Julian Erosa na decisão unânime dos juízes (30-26, 30-27, 29-27)

Peso pesado: Maurice Greene derrotou Jeff Hughes na decisão dividida dos juízes (29-28, 28-29, 29-28)

Peso galo: Matt Schnell finalizou Louis Smolka com um triângulo a 3m18s do R1

Peso meio-médio: Alex Morono derrotou Zak Ottow por nocaute técnico a 3m34s do R1

Peso leve: Alex White derrotou Dan Moret na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário