Shooto Brasil 91: Elvis Batista bate Marcos Loro e estraga retorno ex-campeão do Bellator ao Brasil

Evento aconteceu nesta sexta-feira, dia 5, no Rio de Janeiro e teve o ex-campeão do Bellator na luta principal da noite

Loro (dir.) perdeu para Batista (esq.) no Shooto. Foto: Leo Farias / Divulgação

A zebra passeou pelo Shooto Brasil 91, realizado neste final de semana, no Rio de Janeiro. Na luta principal da noite um retorno muito aguardado. Um dos mais antigo lutadores da equipe Nova União, Marcos Loro retornou ao Brasil após anos morando e atuando fora para encarar Elvis Batista. E o ex-campeão do Bellator acabou sendo derrotado por decisão unânime dos juízes.

Veja Também

Com promessa de cinturão, Jacaré aceita enfrentar Jack Hermansson no UFC Fort Lauderdale
José Aldo, Anderson Silva e Jéssica Bate-Estaca; você já pode apostar no UFC 237

Ex-campeão do Bellator, o manauara Marcos Loro viveu um momento marcante. O retorno ao octógono do Shooto Brasil após anos morando e atuando nos EUA. Especialista no jiu-jitsu e na luta agarrada ele encarou um notório trocado, fazendo aquela clássica briga de estilos. Apesar do equilíbrio durante todo o combate, Elvis foi superior na trocação, dominando o centro do cage e conectando os melhores golpes. Loro ainda conseguiu algumas quedas, mas seu jogo de chão não se desenvolveu. No final dos três rounds melhor para Elvis por decisão unânime.

O evento contou ainda com outras 13 lutas e os destaques foram as vitórias de Iamik Furtado e Jéssica Delboni. Enquanto o primeiro fez o co-main da noite diante de Joelson Nascimento e levou a melhor por unanimidade após uma boa luta desenrolada na trocação, a segunda fez a melhor luta da noite diante de Maiara Amanajas e levou a melhor na decisão dividida. O cars contou ainda com a derrota de Andrius Tigrão para Victor Romero e o triunfo de Rafael Macapá sobre Gabriel Magregs.

Entrega dos primeiros bônus de performance

O Shooto Brasil 91 marcou também uma novidade. O evento passa premiar três performances da noite. A melhor luta ficou com Jessic Delboni e Maiara Amanajas após uma verdadeira guerra. Já o prêmio de melhor nocaute da noite foi para Ykaro Leão, que bateu Aleksandro Sal com um belo nocaute. E por último, o prêmio de melhor finalização ficou com Keweny Lopes, que fez jus a tradição da sua equipe Nova União e bateu Lucas Gastar com um belo mata-leão.

Resultados do Shooto Brasil 91

Elvis Batista venceu Marcos “Loro” Galvão por decisão unânime

Iamik Furtado venceu Joelson Nascimento por decisão unânime

Jessica Delboni venceu Maiara Amanajas por decisão dividida

Victor Romero venceu Andrius “Tigrão” por decisão unânime

Rafael Macapá venceu Gabriel “Magregs”  por nocaute técnico aos 3min e 13seg do primeiro round

Kaio “Cabeça” venceu Victor Ramos por nocaute aos 2min e 54seg do primeiro round

Adilson “Pica Pau”venceu Ricardo “Nery” por nocaute técnico aos 2min e 32seg do segundo round

O duelo entre Gilberto Cangaceiro e Lincon Sá acabou empatado

Mairon Santos venceu Micael Braga  por decisão unânime

Keweny Lopes finalizou Lucas Gaspar com um mata-leão aos 36seg do segundo round

Victor “Bulldoguinho” venceu Lucas Cardoso por nocaute aos 4min e 13seg do primeiro round

Ykaro Leão venceu Alexsandro “Sal” por nocaute técnico a 1min e 17seg do primeiro round

Junior “Trattrozinho” venceu Josafá Frazão por decisão unânime

Elaine Leal venceu Nathielly Santos por nocaute técnico aos 2min e 32seg do segundo round

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário