Anderson Silva comenta discussão entre Adesanya e Jon Jones: ‘Passou dos limites’

Spider disse que o nigeriano está chegando agora ao topo e deveria respeitar o norte-americano; Mesmo assim, ele rasga elogios a Israel

A. Silva aconselha Adesanya. Foto: Reprodução/Facebook ufcbrasil

O clima esquentou mais uma vez entre Jon Jones, campeão dos meio-pesados (até 93 kg.), e Israel Adesanya, dono do cinturão interino dos médios (até 84 kg.). O nigeriano chegou a chamar o rival de ‘frouxo’ em entrevista ao programa ‘MMA Hour’.

Saiba mais

Ex-UFC e desafeto de Cris Cyborg, Angela Magana está em coma após cirurgia
Torneio de um dia vai coroar nova campeã peso palha do Invicta FC

A situação ficou tão quente que Anderson Silva, amigo pessoal de Jones, e ídolo de Israel, precisou intervir. Segundo o Spider, Adesanya foi desrespeitoso com Jones. Ele ainda aconselhou o rival de como ele deveria se portar.

“São categorias diferentes. É bem difícil você falar de algumas coisas porque o Adesanya está chegando, né? Apesar de ele estar com esse boom de vitórias, está chegando. E você acaba chegando num espaço que tem que entender como funciona. Na minha visão como atleta, ele desrespeitou o Jon Jones. Para o negócio, para o Dana (White, presidente do UFC), é ótimo. Será um grande negócio para ele. Independente de eles lutarem ou não, quem está ganhando com isso são o UFC e os fãs. Mas existe a falta de respeito. Acho que ele ultrapassou um pouco os limites, mas com o tempo vai aprendendo a lidar com essas coisas. Tem que respeitar o que o Jon Jones fez. São dois grandes lutadores, e no futuro, quem sabe, os dois podem até lutar. Mas sou de uma época em que você tinha honra e respeitava cada um o seu espaço”, disse Anderson, em conversa com a imprensa no Rio de Janeiro.

Apesar do puxão de orelhas, Anderson fez questão de elogiar Adesanya, que ele acredita ter um futuro brilhante no UFC.

“Ele tem um grande caminho a percorrer. É um jovem atleta, talentoso, que tem muita coisa para aprender ainda, mas tem um futuro brilhante nesse esporte. Vou torcer para que ele consiga chegar aonde deseja. É um grande atleta, um menino do bem e tem todas as armas para poder chegar lá”, encerrou.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário