UFC-99: Rich derrota Wand em luta equilibrada

Terminou há pouco em Colônia, na Alemanha, o UFC-99. No combate principal da noite, uma verdadeira batalha. Wanderlei Silva e Rich Franklin fizeram uma luta bastante equilibrada desde o início, mas ao final do terceiro round, melhor para o americano que levou a vitória na decisão unânime dos juízes. Nos demais combates, destaque para a volta de Mirko Cro Cop ao octógono, onde derrotou Mustapha Al Turk por nocaute técnico no primeiro round.

Mirko Cro Cop vs. Mustapha Al-Turk
Em seu retorno ao UFC, Mirko Cro Cop não decepcionou aos fãs croatas que estavam presentes na arena alemã. Dominando o centro octógono desde o início, o ex-campeão do Pride usava os contra-ataques para punir o Al-Turk que demonstrava certa ansiedade desde o começo. Com pouco mais de três minutos de luta, um golpe acidental no olho do atleta libanês definiu o combate, como o árbitro não interpretou como ação ilegal, Mirko castigou o adversário até a interrupção do juiz.

Rich Franklin vs. Wanderlei Silva
O combate se iniciou bastante estudado, com Wand dominando o centro do octógono e aplicando melhores golpes. Na metade do primeiro round, o brasileiro aplica uma boa queda e tenta castigar o americano no ground and pounch. O único bom momento de Franklin neste assalto aconteceu nos segundos finais, quando Wanderlei tentou, sem sucesso, uma guilhotina, cedendo a guarda para o adversário que castigou com fortes socos. No segundo round, bastante equilíbrio. Nos momentos iniciais Rich dominou o combate com bons jabs, mas com uma forte combinação de socos, Silva castigou o ex-campeão dos médios, porém, quando demonstrava superioridade Wand voltou a sentir os ataques do americano nos segundos finais. No último round, Franklin começou melhor, conectando bons golpes, mas Wanderlei andou para cima o tempo todo. Wand chegou a balançar Franklin novamente com uma joelhada do clinche, mas Rich se recuperou, voltou a acertar alguns golpes e terminou o round colocando o brasileiro para baixo e batendo de dentro da guarda. No final os juízes deram a vitória para Franklin e a torcida vaiou a decisão, aclamando Wanderlei Silva. Confira os resultados completos:

Card principal:
– Rich Franklin derrotou Wanderlei Silva na decisão unânime dos juizes;
Cain Velasquez derrotou Cheick Kongo na decisão unânime dos juizes;
– Mirko Filipovic derrotou Mustapha Al-Turk por TKO aos 3min2s do 1R;
– Mike Swick derrotou Ben Saunders por TKO aos 2min47s do 2R;
– Spencer Fisher derrotou Caol Uno na decisão unânime dos juizes;
– Dan Hardy derrotou Marcus Davis na decisão dos juizes;

Card Preliminar
Terry Etim finalizou Justin Buchholz com um estrangulamento no 2R;
– Dennis Siver finalizou Dale Hartt com um mata-leão no 1R;
– Paul Taylor derrotou Peter Sobotta na decisão unânime dos juizes;
– Paul Kelly derrotou Roli Delgago na decisão unânime dos juizes;
Stefan Struve finalizou Denis Stojnic com um mata-leão no 2R;
– John Hathaway derrotou Rick Story na decisão unânime dos juizes.

Deixe seu comentário