Antoine Jaoude pronto para o cinturão da IFL

Antoine Jaoude embarca nesta quarta-feira (26 de dezembro) para os Estados Unidos, onde disputa o cinturão entre os pesados na finalíssima do Grand Prix da IFL, em 29 de dezembro. O lutador terá pela frente Roy Nelson.

“Mantive até os últimos dias o mesmo treinamento que vinha fazendo: treinos na Upper, sempre contando com o apoio do Pedro Rizzo, meus irmãos, o Leitão e toda a equipe; boxe com o Cesário Figueiredo; e parte física com o Pimentel. É lógico que nesse fim tive alguns cuidados para não ter nenhuma lesão. Estou bem tranqüilo e acho que será uma luta boa”, disse.

Antoine é um dos três brasileiros com chance de voltar com o primeiro cinturão individual oferecido pela IFL, que geralmente promove disputas por equipes. Wagnney Fabiano e Delson Pé de Chumbo disputam em outros pesos. O lutador vai com tudo para este triunfo, que considera uma grande conquista na carreira e um ótimo fechamento de ano.

“É um título que fecha com chave de ouro a minha atuação na IFL este ano. Fiquei muito contente de ter sido escolhido para disputar esse GP, já que a minha equipe, a Condors, ficou apenas em quinto lugar no geral”, comentou Antoine, que, apesar de não ter levado o título por equipes, saiu vitorioso em todas as suas participações na IFL, com quatro triunfos.

Com cartel de oito vitórias e duas derrotas no MMA, seu adversário, Roy Nelson, tem 10 vitórias e duas derrotas. O brasileiro sabe o que deve ter pela frente.

“Ele é um cara que sabe trocar em pé, tem um wrestling bom e sabe jogar no chão. Ele também tem uma boa cinturada”, analisou.

Além da vontade de conquistar o primeiro cinturão oferecido pela organização, Jaoude espera que todos os brasileiros voltem vencedores. Ele destaca a importância de três tupiniquins disputarem o título na mesma noite.

“Significa muito e é um marco para o Brasil. Consolida o fato de brasileiros estarem sempre entre os melhores dos grandes eventos”, finalizou ele, que depois volta ao Brasil e se concentra na disputa por uma vaga às Olimpíadas de Pequim, onde participa no wrestling.

Deixe seu comentário