Demian Maia e Paulo Thiago vencem no UFC-109

Terminou há pouco em Las Vegas, o UFC-109, evento que trouxe pela primeira vez um  duelo entre integrantes do Hall da Fama, com Randy Couture levando a melhor  e finalizando Mark Coleman, no segundo assalto. Com quatro brasileiros em ação, a torcida tupiniquim pode comemorar as vitorias de Demian Maia e Paulo Thiago que passaram por Dan Miller e Mike Swick, respectivamente. Já Rolles Gracie e Ronys Torres estrearam na organização com derrota.

 

Joey Beltran vs. Rolles Gracie

No inicio de seu primeiro combate na organização, Rolles procurou logo quedas, mas Joey Beltran soube neutralizar bem o jiu-jitsu do brazuca. Já no segundo assalto, Joey não foi derrubado e após defender uma queda, caiu por cima de Rolles e castigou o brasileiro até a interrupção do árbitro.

 

Melvin Guillard vs. Ronys Torres

Fazendo sua estréia no UFC, Ronys Torres começou com tudo pra cima de Melvin Guillard. No round inicial, o brasileiro conseguiu boas quedas e castigou o adversário na guarda. Porém, no assalto seguinte, o amazonense não conseguiu achar o americano e acabou sofrendo alguns golpes. No terceiro e ultimo round, Ronys voltou a derrubar Guillard, mas não puniu o adversário com golpes contundentes. Nos segundos finais, após tentar uma queda, o faixa-preta tupiniquim acabou perdendo o equilíbrio e cedeu a montada para Melvin, que aplicou bons socos até o soar do gongo. No final, vitoria do americano, com os três juízes marcando 29×28.

 

Demian Maia vs. Dan Miller

Voltando ao octógono após conhecer sua primeira derrota na carreira, Demian Maia mostrou grande evolução em seu boxe e derrotou o americano Dan Miller. O brasileiro desde o inicio da luta surpreendeu a todos procurando o combate em pé e mostrando bom jogo de pernas e bons golpes de esquerda. Após dois assaltos de superioridade na trocação, Demian buscou no round final as quedas e conseguiu aplicar alguns golpes por cima. No final, vitoria brazuca na decisão unânime dos árbitros.

 

Paulo Thiago vs. Mike Swick

O policial do BOPE Paulo Thiago provou esta noite porque é um dos melhores lutadores até 77kg do mundo. Enfrentando o duro Mike Swick, o brasileiro mostrou boa trocação e seu eficiente jiu-jitsu. Após um primeiro round, em desvantagem, Paulo conseguiu um rápido contra-ataque e atingiu Mike, levando o americano a knockdown, rápido no gatilho, o faixa-preta brasiliense encaixou o triangulo de mão e apagou o oponente, forçando o árbitro a interromper o combate.

 

Nate Marquardt vs. Chael Sonnen

Em uma noite de surpresas, o duelo entre Nate Marquardt e Chael Sonnen não seria diferente. Amplo favorito, Nate foi facilmente dominado por Sonnen, sendo derrubado em todos os rounds e sofrendo forte castigo no ground and pound. No final, surpreendente vitoria de Chael Sonnen na decisão unânime dos árbitros e o direito adquirido de disputar o cinturão dos médios do UFC contra o vencedor de Anderson Silva e Vitor Belfort.

 

Randy Couture vs. Mark Coleman

No combate principal da noite, Randy Couture mostrou desde o inicio do combate toda sua superioridade sobre Mark Coleman. No primeiro round, o Couture aplicou bons golpes, deixando o adversário perdido no octógono. Já no assalto seguinte, Randy mudou a estratégia e foi logo buscando a queda pra cima de Mark. Mostrando seu expecional wrestling. Couture logo chegou as costas e finalizou Coleman com um mata-leão. Confira os demais resultados:

 

Card principal:

– Randy Couture finalizou Mark Coleman com um mata-leão no R2;

– Chael Sonnen derrotou Nate Marquardt na decisão unânime dos juízes;

– Paulo Thiago finalizou com um triângulo de braço Mike Swick no R2 ;

– Demian Maia venceu Dan Miller na decisão unânime dos juízes;

– Matt Serra nocauteou Frank Trigg no R1.

 

Card Preliminar:

– Mac Danzig derrotou Justin Buchholz na decisão unânime dos juízes;

– Melvin Guillard venceu Ronys Torres na decisão unânime dos juízes;

– Robert Emerson derrotou Phillipe Nover na decisão unânime dos juízes ;

Phil Davis venceu Brian Stann na decisão unânime dos juízes;

– Chris Tuchscherer venceu Tim Hague por decisão dividida dos juízes;

– Joey Beltran nocauteou Rolles Gracie no R2.

Deixe seu comentário