Thiago Silva é acusado de fraudar antidoping no UFC-125

Thiago Silva é suspeito de fraude no exame antidoping do UFC 125 - Foto: Josh Hedges

O brasileiro Thiago Silva estava escalado para enfrentar o norte-americano Quinton “Rampage” Jackson no UFC 130, porém, uma alteração no exame antidoping do peso meio-pesado antes de sua vitória sobre Brandon Vera, na edição 125 do evento, causou o cancelamento do combate frente ao ex-campeão do Ultimate(relembre aqui).

 

A situação de Thiago se agravou ainda mais no dia de hoje (29) após o atleta ser acusado de fraudar as amostras de urina entregues a Comissão Atlética do Estado de Nevada, órgão responsável por sancionar o UFC 125. Ao todo foram realizados dois testes com o material coletado (prova e contra-prova), sendo que ambos foram reprovados por dois laboratórios diferentes.

 

Segundo o diretor-executivo da Comissão, Keith Kizer, as amostras colhidas no antidoping de Thiago não são compatíveis com a de seres humanos. Devido ao fato, o atleta tupiniquim poderá ser suspenso preventivamente do UFC e sua vitória sobre Vera alterada para No Contest caso proceda a acusação. A decisão sobre o possível afastamento do casca-grossa será tomada no dia 7 de abril pelos comissários responsáveis pelo caso. Fique ligado no SUPER LUTAS para ter todas as informações a respeito do assunto.

Deixe seu comentário