UFC muda as regras para diminuir erros de juízes

Dana White muda regras do UFC

Em busca de atrair mais audiência e minimizar possíveis erros na decisão dos juízes, o UFC anunciou, na noite desta quinta-feira, uma mudança em suas regras. A partir de agora todas as lutas principais da organização terão cinco rounds, ao invés dos três assaltos habituais, quando não existe cinturão em disputa. O comunicado foi feito por Dana White, após a coletiva de imprensa do UFC 131.

 

“Deste dia em diante, toda a luta do evento principal, que será assinada depois hoje, terá cinco rounds em vez de três”, anunciou o cartola. Atualmente, apenas combates onde existe um título em disputa eram disputados em cinco assaltos.

 

Além de realizar uma atração principal com maior duração, o UFC busca com a decisão minimizar a possibilidade de erros na avaliação dos juízes. Um exemplo do fato aconteceu no UFC 123, em novembro do ano passado, quando o norte-americano Quinton “Rampage” Jackson reconheceu que foi superado pelo brasileiro Lyoto Machida, mas acabou levando a disputa em uma polêmica decisão dividida dos juízes (29×28, 28×29, 29×28).

 

A nova regra será válida apenas depois do UFC 133, que acontece dia 6 de agosto, uma vez que o duelo Rashad Evans e Phil Davis, que farão a luta principal do show, já teve contrato assinado para apenas três assaltos.

Deixe seu comentário