Anderson Silva volta ao octógono contra Derek Brunson no UFC 208

Spider, que não vence desde 2012, tenta a reabilitação no evento agendado para 11 de fevereiro, em Nova York

anderson-silva-x-derek-brunsonAnderson Silva está de volta ao octógono. O Spider, que tenta reencontrar o caminho da vitória, encara o norte-americano Derek Brunson no UFC 208, evento agendado para o dia 11 de fevereiro, no Brooklyn, em Nova York. O anúncio do duelo foi feito por Dana White, presidente da organização.

Veja Também

Anderson já perdeu para Weidman duas vezes Foto: Josh Hedges/UFC
Anderson Silva reitera vontade de enfrentar Conor McGregor
Mayweather (esq.) e Conor (dir.): luta deve rolar ainda em 2017 Foto: Reprodução
UFC pode promover luta de boxe entre McGregor e Mayweather
A. Silva (foto) pensa em voltar a lutar em junho. Foto: Josh Hedges/UFC
Anderson Silva revela que pretende lutar em evento no Brasil, em junho

Anderson, considerado por muitos críticos como o maior lutador da história do UFC, não vence uma luta desde outubro de 2012. Depois de emplacar 10 defesas de cinturão no peso médio e três superlutas no meio-pesado, o Spider vive um inferno astral. Ele perdeu o título para Chris Weidman, em julho de 2013, e acabou fraturando a perna na revanche, em dezembro do mesmo ano.

No aguardado seu retorno, em janeiro de 2015, Silva bateu Nick Diaz, mas o duelo foi revertido para No Contest (luta sem resultado), pois os dois atletas foram pegos no exame antidoping.Depois, Anderson caiu para o campeão Michael Bisping, em um disputado duelo na Inglaterra, e chegou a reclamar da decisão dos juízes. Vindo de uma série de derrotas, Anderson se ofereceu para substituir o lesionado Jon Jones no UFC 200 e subiu de categoria para encarar Daniel Cormier. Em um duelo, que surpreendeu a todos, o brasileiro caiu na decisão dos juízes, mas foi aplaudido pelo público por ter enfrentado o campeão dos meio-pesados sem nenhum treinamento.

Por sua vez, Derek Brunson, de 33 anos, também vem de revés. O norte-americano foi batido por Robert Whittaker com um nocaute técnico, em Melbourne, Austrália, em novembro de 2016. Ele teve sequência de cinco triunfos interrompida na organização.

A luta entre Anderson e Brunson será a segunda mais importante do UFC 208. Na atração principal da noite, Holly Holm e Germaine De Randamie duelam pelo inédito título do peso pena feminino. O card ainda traz mais um brasileiro em ação no card principal. Ronaldo Jacaré mantém a corrida pelo cinturão dos médios contra Tim Boetsch.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário