Sem contrato com o UFC, Bader admite estar próximo de fechar com o Bellator

Atual número 4 no ranking dos meio-pesados do Ultimate, Bader deve respirar novos ares em 2017

Bader deve atuar no Bellator em 2017. (Foto: Getty Images)

Bader deve atuar no Bellator em 2017. (Foto: Getty Images)

A trajetória de Ryan Bader no UFC parece estar próxima do fim. Número quatro no ranking dos meio-pesados, o americano, que está sem contrato com o Ultimate, não fez questão de esconder que está negociando com o Bellator, concorrente direto da organização presidida por Dana White. De acordo com o lutador, a proposta recebida da companhia que pode ser sua nova casa o deixou bastante animado.

Veja Também

Fedor vai estrear no Bellator neste sábado. (Foto: Getty Images)
Prestes a estrear, Fedor explica por que preferiu o Bellator em vez do UFC
MacDonald vai fazer sua estreia no Bellator em maio. (Foto: Getty Images)
Ex-UFC, Rory MacDonald estreia no Bellator 179, contra Paul Daley
Koscheck fará sua estreia no Bellator 172, dia 17 de fevereiro. (Foto: Getty Images)
Ex-UFC, Koscheck estreia no Bellator contra brasileiro

“É óbvio que nós negociamos. Seria idiotice dizer que não. Fomos para lá e para cá, mas não demoramos muito para chegar a um termo que agradou a todos. Como disse, estava envolvido em toda situação. Voei e encontrei com o Rich Chou e Scott Cocker [presidente do Bellator], sentamos e almoçamos. Foi nessa hora que fiz minhas perguntas, você sabe… Qual é o plano, o que o Bellator fará no futuro e esse tipo de coisa. E eu fiquei impressionado”, declarou em entrevista ao programa ‘Submission Radio’ (EUA).

No UFC desde 2008, quando se sagrou o vencedor do TUF 8, ao derrotar o brasileiro Vinny Magalhães na final do reality show, Bader fez questão de frisar que a eminente ida para o Bellator não é motivada pela grana que irá receber, mas sim por seus objetivos profissionais. Para ele, a oportunidade de conquistar de se sagrar campeão mundial e conquistar o cinturão é essencial.

“Para mim isso não é apenas sobre quem me paga mais dinheiro. Há mais coisas envolvidas. Estou no melhor ponto de minha carreira, física e mentalmente. Sou o melhor lutador que já fui e independente da organização que for, estarei indo para ganhar o cinturão. […] Não sou o cara que diz: ‘Ok, vou para o Bellator porque perdi várias lutas no UFC e farei mais algumas para depois encerrar minha carreira’. Nem sequer é o caso. Irei para lá com o intuito de ganhar o cinturão”, concluiu.

Aos 33 anos, Bader realizou 20 lutas no Ultimate, acumulando 15 vitórias e apenas cinco derrotas. Em sua atuação mais recente, nocauteou o brasileiro Rogério Minotouro no UFC São Paulo, realizado em novembro do ano passado.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário