Romero desafia Anderson por luta pelo cinturão interino dos médios

Número 1 no ranking dos médios, cubano quer luta contra o Spider para definir o próximo desafiante da divisão

Romero quer enfrentar Anderson pelo cinturão interino Foto: Josh Hedges/UFC

Romero quer enfrentar Anderson pelo cinturão interino Foto: Josh Hedges/UFC

Horas após Anderson Silva desafiar nomes como Nick Diaz e Michael Bisping, foi a vez do brasileiro estar do outro ‘lado da moeda’. Atual número 1 no ranking dos pesos médios, Yoel Romero declarou nesta segunda-feira (13) que quer enfrentar Spider pelo cinturão interino da categoria. De acordo com o cubano, que estava credenciado para lutar com o campeão Michael Bisping, mas foi passado para trás após o retorno de Georges St. Pierre, o combate com Anderson serviria para decidir o próximo legítimo desafiante da divisão.

Veja Também

A. Silva quer lutar no Rio (Foto: Getty Images)
Anderson Silva pede revanches contra Nick Diaz e Michael Bisping
Romero quer enfrentar Anderson pelo cinturão interino (Foto: Jeff Bottari/UFC)
Romero rebate acusações de Bisping e provoca: ‘Está fugindo’

“Como Michael Bisping vai enfrentar Georges St-Pierre, e eu quero me manter ativo, eu gostaria de enfrentar Anderson Silva pelo cinturão interino da categoria. Ele é o único que eu enfrentaria, primeiro por ser uma das maiores estrelas do MMA em todos os tempos, e segundo por, olhando o ranking, sermos os únicos entre os seis primeiros a não ter lutas marcadas ou estarmos saudáveis. Estou disposto lutar contra outro atleta. Se for com um grande nome e for bom para os dois, como contra Anderson Silva, por que não? Eu enfrentaria e venceria qualquer um, mas o maior nome disponível é Anderson Silva, que é um ex-campeão mundial. Nós dois temos planos de enfrentar Georges St-Pierre, e é exatamente por isso que pretendo enfrentar Anderson Silva. Esse é o plano”, declarou Yoel, em entrevista ao programa “MMA Hour” (EUA).

Em janeiro deste ano, Romero chegou a ser confirmado pelo próprio Ultimate como próximo adversário de Michael Bisping. No entanto, o retorne de St.Pierre ao MMA fez a organização mudar de ideia, escalando o ex-campeão dominante dos meio-médios para disputar o cinturão dos médios, deixando, automaticamente, o cubano para trás.

Aos 39 anos, O ‘Soldado de Deus’ ainda não sabe o que é perder no Ultimate. Nacompanhoa desde 2013, ele venceu os oito combates que realizou, sendo seis por nocaute, o mais recente sobre Chris Weidman no UFC 205, em novembro do ano passado.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário