Glover reclama de ‘moral’ para Jimi Manuwa: ‘Não fez o suficiente’

Brasileiro não acha que inglês deveria ter chance de disputar o título mundial dos meio-pesados, como tem sido especulado

Glover (foto) falou sobre o crescimento de Manuwa(Foto: UFC)

Glover (foto) falou sobre o crescimento de Manuwa (Foto: UFC)

Mesmo com apenas duas vitórias seguidas, sobre Ovince St. Preux e Corey Anderson, Jimi Manuwa já tem seu nome especulado como possível alternativa a Jon Jones para disputar o título meio-pesado. O próprio inglês colocou lenha na fogueira ao se estranhar com o campeão Daniel Cormier após o UFC 210. Para o brasileiro Glover Teixeira, um dos principais nomes da categoria, a “moral” de Manuwa na divisão não é justa.

Veja Também

V. Belfort (esq) pega N. Marquardt (dir) no Rio (Fotos: UFC/Montagem: Super Lutas)
Vitor Belfort fará última luta contra Nate Marquardt no Rio
Cyborg não deixou barato para B. Stann (Foto: UFC)
Após críticas, Cyborg rebate ex-lutador com vídeo de nocaute
Ex-campeão do WSOF, J. Gaethje é o novo peso leve do UFC (Foto: WSOF)
Justin Gaethje é mais um ex-campeão do WSOF a assinar com o UFC

Ex-desafiante ao cinturão até 93 kg., Glover argumenta que “Poster Boy” não merece estar perto de uma luta pelo título pois ainda não ganhou de nenhum lutador do topo da categoria – ainda que OSP viesse de uma disputa pelo título interino quando perdeu para Manuwa no UFC 204, em outubro do ano passado.

“Jimi Manuwa ainda não está qualificado para disputar o cinturão. Ele não venceu nenhum lutador top ainda. Eu acho que ele tem que vencer um cara que esteja entre os tops antes de pensar em lutar pelo título. Talvez dois ou três caras do topo. Jimi Manuwa está aqui embaixo, na minha opinião”, comentou o brasileiro, em entrevista ao site norte-americano “MMA Fighting”.

Enquanto espera o desenrolar dos eventos na categoria, Glover já tem sua próxima luta marcada. Vindo de vitória por decisão sobre Jared Cannonier no UFC 208, o brasileiro enfrentará Alexander Gustafsson, em maio, na luta principal do UFC Estocolmo.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário