Joanna pode seguir passos de Ronda e se tornar atriz de Hollywood

Campeã peso palha tem o mesmo empresário da norte-americana, que fez a transição do MMA para os filmes de ação com sucesso

Jedrzejczyk quer atuar em Hollywood (Foto: Facebook/UFC)

Jedrzejczyk quer atuar em Hollywood (Foto: Facebook/UFC)

A polonesa Joanna Jedrzejczyk está perto do recorde de defesas de cinturão do UFC de Ronda Rousey. Mas ela pretende igualar a norte-americana em outro quesito. A campeã peso palha também se interessa em fazer a transição do MMA para os filmes de Hollywood, a exemplo da ex-detentora do título dos galos. Para isso, Joanna conta com uma ajuda de peso: ela tem o mesmo empresário de “Rowdy”, Brad Slater.

Veja Também

Cyborg lutará em julho (Foto: Reprodução/Youtube UFC)
Cyborg cita preconceito ao comentar agressão: ‘Sou vítima de bullying’
Bisping com seu cinturão linear (Foto: Reprodução Facebook/UFC)
Bisping reafirma desejo de enfrentar GSP, mas aprova cinturão interino
Dillashaw (foto) colocou em dúvida lesão de Cody (Foto: Facebook/UFC)
Sem luta com Garbrandt, Dillashaw mira duelo com Johnson pelo cinturão dos moscas

Pouco antes de sua última luta, em que dominou a brasileira Jéssica Bate-Estaca, Jedrzejczyk discutiu com Slater a possibilidade de fazer participações pequenas em alguns filmes de Hollywood para começar a cavar seu espaço na indústria cinematográfica.

““Eu trabalho com o Brad Slater, que é agente do ‘The Rock’ e da Ronda Rousey, e nós falamos dois dias antes da luta contra a Jéssica sobre eu fazer alguma participação em algum filme. Definitivamente, eu quero fazer um bom trabalho fora da academia também porque eu gosto de tentar coisas diferentes na minha vida. Eu acho que poderia me dar bem com meu sotaque do leste europeu”, revelou a polonesa, em entrevista ao site norte-americano “TMZ”.

Com o triunfo sobre Jéssica, Jedrzejczyk já mira o cinturão do peso mosca, que será inaugurado no fim do ano. Joanna pretende se tornar a primeira mulher campeã do mundo em duas categorias na história do UFC, repetindo o feito de Conor McGregor entre os homens.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário