Gastelum enaltece Anderson Silva: ‘Um dos maiores de todos os tempos’

Gastelum, que irá enfrentar Anderson Silva dia 25 de novembro, comemorou o fato de enfrentar o ex-campeão

Gastelum vai enfrentar Anderson em novembro (Foto: Reprodução/Facebook UFC)

Gastelum vai enfrentar Anderson em novembro (Foto: Reprodução/Facebook UFC)

Se há algumas semanas Kelvin Gastelum provocou Anderson Silva através de um vídeo nas redes sociais, agora o discurso mudou. Com a postura respeitosa que lhe é de costume, o campeão do TUF 17 enalteceu a chance de enfrentar Anderson Silva, a quem considera um dos melhores da história do MMA. De acordo com o lutador norte-americano, o confronto que será a atração principal do UFC Xangai, dia 25 de novembro, na China, será o maior desafio de sua carreira.

Veja Também

marlon-moraes-reproducao-facebook-ufc
Marlon Moraes enfrenta John Dodson no UFC Norfolk, em novembro
Trator não bateu o peso para o UFC Holanda (Foto: Reprodução/Twitter UFC Europe)
Trator fica acima do limite dos leves em pesagem do UFC Holanda

“Lutar contra um dos maiores de todos os tempos, talvez o maior que eu já tenha enfrentado, ainda mais na China, não tem nada melhor. (…) Eu sei que ele não vai querer me derrubar, não é algo que eu o veja fazendo muito. A maioria das pessoas que eu enfrento sabem que eu irei nocauteá-las se a luta ficar em pé, mas a melhor arma do Silva também é na trocação. Será uma grande luta. Vou com fogo nos punhos e no coração. Alguma coisa mudou em mim por conta da última luta e vou mostrar ao mundo do que eu sou feito”, declarou, em entrevista ao site ‘FloCombat’.

Gastelum, que treina na Kings MMA, academia liderada pelo treinador brasileiro Rafael Cordeiro, também comemorou o fato de Anderson sempre buscar a luta em pé. Segundo ele, o fato do ex-campeão não ter o costume de optar por levar a luta para o chão é um ponto a seu favor.

“É uma grande luta para mim. Tenho punch, e Anderson não tem a habilidade do Chris Weidman no wrestling. Ele não vai querer me enfrentar no wrestling de jeito nenhum. Talvez até queira, não sei, mas ele não tem o pedigree para me enfrentar no wrestling. Ele vai manter a luta em pé, o que me motiva. Estou completamente motivado depois da minha última luta. Fiquei chateado, frustrado por umas semana, mas voltei a sentir o fogo crescer dentro demim. Eu nunca quis vencer tanto quanto agora. Nunca senti tanta necessidade de me provar mais do que agora nessa luta contra o Anderson”, concluiu.

Kelvin Gastelum, de 25 anos, tem um cartel no MMA de 14 vitórias, três reveses num no contest. O norte-americano venceu a 17ª edição do TUF, o reality show do UFC, nos meio-médios (até 77 kg.), em 2013. Mas após dificuldades de bater o limite da categoria, ele subiu para a divisão de médios e somou três triunfos e apenas uma perda, diante de Chris Weidman, em julho passado, na sua última apresentação.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário