Treinador de José Aldo, Dedé Pederneiras acredita em nova volta por cima de atleta

Líder da ‘Nova União’ diz que lutador vai voltar a vencer pelo Ultimate, assim como aconteceu após a derrota para Max Holloway

D. Pederneiras (dir.) acredita em volta por cima de J. Aldo (esq.). Foto: Reprodução/Instagram @dede_pederneiras

O treinador de José Aldo, Dedé Pederneiras, afirmou que acredita em nova volta por cima de atleta. Em entrevista publicada nesta segunda-feira (27) pelo ‘Combate’, o líder da academia ‘Nova União’ comentou sobre a derrota do manauara no UFC 237, em 11 de maio, e os planos para o futuro do pupilo. Aldo tem apenas mais uma luta em seu contrato com o Ultimate.

Veja Também

Colby Covington dispara contra Jon Jones: ‘Eu o destruía na faculdade’
Lyoto Machida revela que deseja conquistar dois cinturões do Bellator
Johnny Walker espera luta contra Jon Jones ainda este ano: ‘Meu presente de Natal’

“O Aldo ficou em uma expectativa muito grande de nocautear, esperando muito aquele momento. O (Alexander) Volkanovski tocava, corria e o Aldo não conseguia achar a distância para colocar a mão e tentar realmente o nocaute. A espera fez com que o australiano fosse acumulando pontos nos rounds”, disse o treinador.

Pederneiras ainda criticou o resultado dos juízes, que declararam, ao fim do terceiro round, a vitória por decisão unânime ao atleta da Austrália.

“No meu entender, a luta nunca foi 3 a 0 para ele, talvez a decisão dividida fosse o resultado mais coerente, mas, acho que o Aldo acabou dando margem para o resultado que teve. Ele mesmo disse que acabou esperando demais e “travou” no momento de pegar, atacar e finalizar a luta. São coisas que acontecem em uma luta”, comentou Dedé.

Sobre o futuro do ex-campeão dos penas (até 65,7kg), o líder da ‘Nova União’ adotou cautela para tratar do assunto. Segundo Dedé, Aldo irá tirar um tempo de férias para depois pensar sobre o futuro na organização. O atleta possui apenas mais uma luta em seu contrato com o UFC e, para o treinador, José irá, além de cumprir o compromisso, voltar a vencer pela companhia.

“Devemos ter uma conversa para poder decidir isso, mas, por enquanto, não se fala nesse assunto. O Aldo está de férias. Muita gente achou que depois das derrotas para o Max Holloway ele não voltaria a vencer por causa da cabeça. E ele deu a volta por cima, mostrou que não tem nada disso. Agora vai acontecer a mesma coisa”, afirmou Pederneiras.

Por fim, o treinador do manauara comentou sobre a próxima luta na disputa pelo cinturão dos penas entre Max Holloway e o ex-rival de Aldo, Frankie Edgar. Para Dedé, Edgar leva vantagem no duelo contra o atual campeão e, em caso de vitória, o resultado pode favorecer o ‘Campeão do Povo’.

“Eu acho que o Edgar vai ganhar Holloway. O Frankie se mexe muito, e o Max, apesar de manter um volume constante, não é um cara de um soco para nocautear. Então, isso dificulta os acertos. Além disso, o americano consegue colocar bem para baixo, acho que ele vai jogar dentro, tentando as quedas e tocando bastante. Uma vitória do Frankie favorece o Aldo”, finalizou Pederneiras.

José Aldo já admitiu por diversas vezes seu desejo de abandonar a carreira de lutador de MMA em um futuro próximo. No entanto, o atleta de 32 anos revelou ter o sonho de construir uma carreira no boxe profissional. Caso realize sua vontade, o ex-campeão dos penas deverá ser visto apenas mais uma vez calçando as luvas do UFC. A data do combate e o adversário, porém, ainda não foram divulgados.

 

 

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário