Lyoto Machida revela que deseja conquistar dois cinturões do Bellator

Brasileiro afirma que deseja disputar título dois títulos da organização enquanto permanecer em atividade

L. Machida (foto) quer dois cinturões do Bellator. Foto: Reprodução/Twitter ufc_brasil

Conhecido mundialmente no mundo do MMA, Lyoto Machida ainda permanece ambicioso dentro do MMA. Em entrevista recente ao site ‘MMA Fighting’, o brasileiro afirmou que deseja disputar os títulos dos médios e meio-pesados da nova organização. Machida assinou contrato com a companhia em junho de 2018.

Veja Também

Johnny Walker espera luta contra Jon Jones ainda este ano: ‘Meu presente de Natal’
UFC dispensa os brasileiros Wilson Reis, Marcelo Golm e mais dois
Alex Cowboy é procurado pela polícia por agredir ex-esposa e fugir com filho de 5 meses em moto

“Eu quero me manter ocupado. Para isso, eu não tenho escolhas em alguns momentos. Então, eu disso ao Bellator que lutaria até pelos meio-pesados (até 93kg.). Eu aceitaria qualquer luta”, disse o ex-campeão do Ultimate.

Em seu próximo compromisso, Lyoto terá pela frente um velho conhecido dos brasileiros. No dia 14 de junho, o Machida enfrentará Chael Sonnen, famoso por sua antiga rivalidade com Anderson Silva, quando ainda atuava pelo UFC. Mais experientes, os dois irão se encarar na divisão dos meio-pesados, em um dos maiores palcos das artes marciais da história: o Madison Square Garden, em Nova York (EUA).

Caso saia vitorioso, o ‘Samurai’ já tem outros planos traçados em mente. O brasileiro deseja conquistar dois cinturões da franquia: o dos pesos meio-pesados, que hoje pertence a Ryan Bader, e dos médios (até 83,9kg.), que está sob domínio de Gegard Mousasi.

“Essa é a intenção, cara. Um campeão contra outro. Eu já venci os dois campeões, então, nunca se sabe o que vai acontecer no futuro. Mas acho que faz muito sentido lutar contra Ryan Bader e Gegard Mousasi. É só uma questão de tempo”, finalizou o brasileiro.

Machida estreou no Bellator em dezembro de 2018, após ter trabalhado por 11 anos para o UFC. Na antiga casa, o brasileiro chegou a ser campeão dos meio-pesados, quando derrotou o lendário Rashad Evans, em 2009. O ‘Dragão’ defendeu seu título em uma ocasião, quando enfrentou o compatriota Maurício Shogun, também em 2009, mas foi destronado na revanche, ocorrida em 2010.

Atualmente o brasileiro está com 40 anos e soma em seu cartel 32 lutas, com 24 vitórias e oito derrotas.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário