Rodrigo Damm vence John Macapá em luta polêmica e garante vaga na semifinal do TUF Brasil

Rodrigo Damm (esq.) vence John Macapá no TUF Brasil. Foto: UFC/Divulgação

O experiente Rodrigo Damm é o segundo peso pena a garantir vaga nas semifinais do TUF Brasil. No quarto episódio do reality show, exibido neste domingo (16), o atleta do time de Vitor Belfort fez uma luta duríssima contra John Macapá, da equipe de Wanderlei Silva, e venceu a peleja na decisão dividida dos juízes, após o round extra.

O episódio
O quarto episódio começou com a primeira grande confusão na casa. O peso pena Anistávio Gasparzinho acordou os lutadores que estavam deitados e o clima ficou tenso. Godofredo Pepeye e Sergio Moraes, do time de Vitor Belfort, trancaram o companheiro de equipe fora da casa.

Inconformado, Gasparzinho começou a bater nos vidros da casa e acordou Rony Jason, da equipe de Wanderlei Silva, que sofre de insônia. Os lutadores conversaram e Rony, que já chegou a morar com Gasparzinho antes do TUF, advertiu o colega.

“Fiquei mais chateado por ser o Gasparzinho. Convivi com ele um ano e meio, dois. Ele sabe do meu problema”, disse Jason. Por não conseguir dormir, Rony Jason decidiu ir treinar. O barulho dos socos e chutes que ele dava no saco de areia também atrapalhou o sono de outros lutadores, como Rodrigo Damm e Daniel Sarafian, que reclamaram. Jason rebateu dizendo que quem o acordou foi um colega da equipe deles.

Logo depois Vitor Belfort, que vinha de vitórias nos últimos dois programas, tinha o direito de escolher a próxima luta de pesos penas. O técnico da equipe azul escolheu para representar seu time Rodrigo Damm contra John Macapá, que representa Wanderlei.

A luta
Com boa experiência internacional, Rodrigo Damm foi surpreendido pelo início com agressividade de John Macapá. O atleta do time azul trabalhou com bons golpes de boxe e chutes baixos para acertar o lutador da equipe de Belfort.

Por sua vez, Damm tentava derrubar ao adversário e trabalhar sua especialidade: o jiu-jítsu. Faltando um minuto para terminar o primeiro round, Rodrigo conseguiu uma queda, mas John conseguiu se recuperar e voltar para a trocação.

Já no segundo round, após novamente sofrer duros golpes na trocação, Damm consegue uma queda e controla a disputa por cima. Apesar de não punir o adversário, Rodrigo fica por cima e equilibra a disputa.

Ao final dos dois rounds, os juízes laterais marcaram 19×19 e a luta foi para um round extra.

O terceiro assalto começou mais estudado, e mesmo já apresentando cansaço, Macapá acertava chutes baixos e mantinha Rodrigo fora do raio de ação. Porém, na metade final do round, Damm aplica uma boa queda em John e novamente fica por cima.

Faltando 20 segundos para terminar a luta, o amapaense conseguiu reverter a posição e pegar as costas do oponente no fim, mas não teve tempo de atacar Rodrigo.

Ao final, os juízes laterais marcaram a vitória para Rodrigo Damm na decisão dividida.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário