Acidente com guindaste destrói apartamento de lutadora do UFC

O desastre aconteceu após uma grande ventania em Dallas; no incidente, a peso galo Macy Chiasson conseguiu fugir e salvar seu cachorro; uma pessoa morreu

Queda de guindaste destrói apartamento de M. Chiasson (foto). Foto: Reprodução/Instagram @macychiasson

A peso galo (até 61,2kg.) Macy Chiasson viveu momentos de horror no último final de semana. Durante uma forte ventania, um guindaste despencou sobre o prédio em que a atleta reside e acabou destruindo parte da construção. Em entrevista recente ao ‘TMZ’, a lutadora falou sobre o incidente, que resultou em uma vítima fatal.

Veja Também

Jéssica Bate-Estaca defende cinturão contra  Weili Zhang, no UFC Shenzhen, na China
Ex-campeã das moscas, Nicco Montaño culpa coqueteleira por flagra em antidoping
Confiante, Chris Weidman afirma que poderia dar trabalho em um duelo contra Jon Jones

“Eu escutei alguma coisa e pensei: ‘Não é possível que estão fazendo uma construção agora, em pleno domingo’. Quando disse isso, escutei um grande estouro. Foi como se o teto caísse de andar a andar. Quando ouvi, eu chamei meu cachorro e nós fugimos”, declarou Macy.

Segundo a lutadora, não houve tempo de guardar nenhum pertence. O desespero e a urgência de escapar foram tamanhos, que as pessoas saíram apenas com as roupas do corpo. Segundo a atleta, muita gente fugiu com suas roupas íntimas. Chiasson também lesionou seu pé enquanto se retirava da edificação.

“Ninguém estava preparado para nada”, disse Chiasson. “As pessoas estavam em suas roupas íntimas. Tinham várias pessoas que estavam completamente cobertas de detritos, poeira e sangramento. Foi terrível”, contou a lutadora.

Macy também disse que o apartamento era tudo o que ela possuía em sua vida. Com a perda, a atleta relatou que não lhe resta nada, a não ser o seu cachorro.

“Eu perdi tudo completamente. Eu não tenho nada. Tenho literalmente esta camisa, um par de sapatos e calções que tenho vestido. Eu não tenho nada além do meu cachorro. Tudo se foi”, lamentou a norte-americana.

A lutadora revelou que já entrou com processo judicial contra a ‘Bigge Crane and Rigging’, empresa responsável pela operação do guindaste.

Chiasson é considerada uma das promessas do UFC para o futuro. A atleta de 27 anos, atualmente soma cinco lutas em sua carreira profissional no MMA e nunca foi derrotada em um combate. Sua última apresentação aconteceu em maio deste ano, quando derrotou Sarah Moras, no UFC Ottawa. Macy, hoje, figura na 11ª posição na divisão das galos.

 

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário