Khabib Nurmagomedov dá sugestão a Conor McGregor para merecer uma revanche: ’Volte a vencer’

Campeão linear dos leves afirma que há lutadores que merecem mais a chance de disputar o cinturão do que o irlandês; os dois se enfrentaram em outubro do ano passado

K. Nurmagomedov (foto) dá dica para C. McGregor voltar a enfrentá-lo. Foto: Reprodução/Instagram @khabib_nurmadomedov

Uma das maiores rivalidades do MMA atual ainda não teve seu ponto final decretado. Sempre que é entrevistado, Khabib Nurmagomedov é questionado sobre uma possível revanche contra Conor McGregor. O russo, no entanto, entende que o irlandês precisa voltar a vencer antes de tentar recuperar o cinturão dos leves (até, 70,3kg.). As declarações foram concedidas em entrevista recente ao ‘BT Sports’. McGregor não triunfa pelo UFC desde novembro de 2016.

Saiba mais

Renato Moicano quer espetáculo em luta com ‘Zumbi Coreano’: ‘Luta do ano!’
Daniel Cormier afirma que duelo contra Stipe Miocic pode ser seu último
Vídeo: Filho de Anderson Silva estreia com vitória por nocaute no Muay Thai

“Ele tem que merecer. Eu tenho que continuar vencendo e ele tem que merecer. É isso”, resumiu Khabib.

O atleta, no entanto, admitiu que os dois eventualmente acabarão se enfrentando no futuro. Porém, o lutador exige como condição que Conor volte a lutar e derrotar adversários para se credenciar à disputa de título.

“Vai acontecer (a revanche). Mas, neste momento, eu não estou interessado nesta luta. Ele bateu. Se fosse um combate mais equilibrado, ou se tivesse chegado até o final, talvez. Mas, no momento, encerrei este assunto. Se quiser me enfrentar, mereça”, disparou o russo.

Nurmagomedov ainda afirmou que não cabe apenas ao Ultimate decidir seus próximos adversários. Para ele, a condição de campeão o garante o direito de poder direcionar seus próximos adversários. É de conhecimento de todos a boa relação que Conor mantém com o presidente da companhia, Dana White. Khabib, no entanto, minimizou a amizade dos dois e disse que sua opinião é, também, muito relevante para o andamento da categoria.

“Neste momento, não é apenas Dana que decide (contra quem irá lutar). Eu estou aqui também. Eles têm que me ouvir, porque, neste momento, eu sou o campeão. Eu acho que eu mereço isso. Eu sei quais adversários merecem. Agora, Dustin (Poirier) e Tony (Ferguson) estão na fila. Têm outros? Ninguém merece”, confessou Nurmagomedov.

A maneira com que Khabib vem construindo sua carreira tem o colocado no caminho para se tornar um dos melhores atletas de MMA da história. Até então, o russo já atuou por 27 vezes e nunca foi derrotado em um combate profissional.

Para seu próprio compromisso, o atleta enfrentará o norte-americano Dustin Poirier (campeão interino) em embate válido pela unificação do cinturão dos leves. O evento marcará a luta principal do UFC 242, em 7 de setembro, em Abu Dhabi.

Conor não luta desde outubro do ano passado, quando foi derrotado na disputa pelo título da categoria para o russo, no UFC 229. O atleta, desde então, não está agendado para enfrentar nenhum competidor da organização.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário