Derrotado em 2014, Gegard Mousasi enfrenta Lyoto Machida pelo Bellator, em setembro

Holandês tem aguardada revanche contra brasileiro, por quem foi batido quando ainda atuavam pelo UFC

L. Machida (esq.) e G. Mousasi (dir.) se enfrentam pelo Bellator em setembro . Foto: Montagem SL / MMA Press

O peso médio (até 83,9kg.) Gegard Mousasi finalmente terá a chance de realizar sua revanche contra Lyoto Machida, por quem foi derrotado em 2014, no UFC. O Bellator, ‘nova casa’ dos dois atletas, confirmou o embate entre os dois rivais para o dia 28 de setembro, em Los Angeles (EUA). Esta será a primeira luta do holandês desde que o atleta perdeu seu cinturão da categoria para o norte-americano Rafael Lovato.

Veja Também

Após atuação de gala, Masvidal desafia McGregor: ‘Quero quebrar a cara dele’
Jovem e invicta na carreira, Aspen Ladd diz não temer Amanda Nunes
De volta ao MMA neste sábado, Faber revela inspiração em Cejudo para voltar ao octógono

Quando se enfrentaram pela primeira vez, há mais de cinco anos, Lyoto vivia um ótimo momento em sua carreira. O atleta de Salvador (BA) era o ex-campeão dos meio-pesados (até 93kg.) e havia realizado sua estreia na divisão dos médios recentemente, quando bateu Mark Muñoz, em outubro de 2013. Contra Mousasi, Machida venceu por decisão unânime dos juízes, o que o garantiu um passaporte para ser escalado como o próximo desafiante ao título da divisão contra o então campeão, Chris Weidman.

Em setembro, a história será diferente. Os atletas vivem momentos distintos. O brasileiro, atualmente, está com 41 anos, enquanto o oponente soma oito anos de diferença, com 33. Lyoto recentemente não teve seu contrato com o UFC, e migrou para o Bellator, onde já disputou dois combates, saindo vitorioso nos dois.

Mousasi, por sua vez, fez quatro apresentações pela nova companhia tendo, inclusive, conquistado o título de sua categoria em sua segunda atuação, contra o brasileiro Rafael Carvalho, pelo Bellator 200, em maio do ano passado. Gegard chegou a defender seu cinturão contra o canadense Rory McDonald, em setembro, no entanto, em junho deste ano, foi destronado por Rafael Lovato.

O reencontro com Lyoto, portanto, além de promover sua tão aguardada revanche, pode, em caso de vitória sobre o brasileiro, credenciá-lo a uma luta para tentar recuperar seu cinturão, perdido há pouco menos de um mês.

Os dois atletas realizarão a luta co-principal da noite, enquanto a atração mais aguardada será a disputa de cinturão entre o brasileiro Patrício Pitbull contra Juan Archuleta pelos penas (até 65,7kg.)

Atualmente, Mousasi soma 53 lutas em seu cartel nas artes marciais mistas, com 45 vitórias, seis derrotas e dois empates.

Machida, por outro lado, tem 34 combates, 26 triunfos e oito reveses em sua carreira.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Los Angeles, we’ll see you soon.

Uma publicação compartilhada por Bellator MMA (@bellatormma) em

 

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário