Ex-UFC Abel Trujillo é preso acusado de exploração sexual

Lutador norte-americano está detido desde maio e pode pegar até 18 anos de prisão

Trujillo (foto) é preso nos EUA. Foto: Divulgação

O lutador Abel Trujillo foi preso no estado do Colorado (EUA). O ex-UFC é acusado de exploração sexual infantil e obscenidade. Ele teve fiança estipulada em US$ 10 mil (cerca de R$ 37.200). A detenção aconteceu no dia 24 de mio, mas apenas nesta terça-feira (16), o canal canadense TSN divulgou a ação.

Veja Também

Patricio Pitbull encara Juan Archuleta na abertura do GP dos penas do Bellator
Lucas Mineiro promete show para público de Londres no BRAVE 24

Trujillo, de 35 anos, tem uma audiência preliminar agendada para a próxima quinta-feira (18), onde ele será apresentado ao juiz responsável pelo caso. Caso seja condenado, o lutador pode pegar de 12 a 18 anos de prisão e ainda pagar uma multa de até US$ 100 mil (R$ 376,8 mil).

Reincidente

A acusação de exploração sexual não é o primeiro crime envolvendo Abel Trujillo. Em 2007 e 2009, ele foi condenado por violência doméstica.

Carreira no MMA

Abel Trujillo não luta desde dezembro de 2017, quando foi derrotado por John Makdessi no UFC Winnipeg. O norte-americano foi demitido pela organização em seguida e não acertou com outro show. Ele tem um histórico de 15 vitórias, oito derrotas e um “No Contest” (luta sem resultado)

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments