Jorge Masvidal rejeita desafio de Leon Edwards: ‘Me prometeram o cinturão’

Algoz de Rafael dos Anjos no UFC San Antonio desafiou meio-médio após derrotar brasileiro

J. Masvidal (foto) rejeita luta contra L. Edwards. Foto: Reprodução/Instagram @gamebredfighter

O meio-médio (até 77kg.) Jorge Masvidal está em ‘Lua de Mel’ com o Ultimate desde que aplicou em Ben Askren o nocaute mais rápido da história na organização (5s), pelo UFC 239, no último dia 6. Com seu nome em alta, o atleta foi desafiado por Leon Edwards, que derrotou o brasileiro Rafael dos Anjos no UFC San Antoio. Jorge, no entanto, rejeitou o desafio, dizendo que a companhia havia prometido uma chance pelo cinturão, hoje ostentado pelo nigeriano Kamaru Usman. A declaração foi feita na conta oficial no Twitter do norte-americano.

Veja Também

Lutadores se manifestam contra decisão dos juízes em derrota de Massaranduba
Sem brasileiros na lista, Ultimate premia Dan Hooker e Walt Harris por ‘Performance da Noite’
Vídeo: Assista os melhores momentos da luta entre Rafael dos Anjos x Leon Edwards no UFC San Antonio

“Vou ser bem claro: me prometeram uma chance de disputar o cinturão depois que eu derrotei Askren, e o plano é buscar isso. Não me chame mais até que eu consiga aquele cinturão”, publicou Masvidal.

No desafio a Jorge, Leon minimizou as últimas vitórias do rival, afirmando que os derrotados não eram atletas de alto nível, pressupondo que seria um melhor desafiante do que seus oponentes anteriores. O norte-americano, no entanto, foi rápido ao retrucar as falas de Edwards.

“Existe uma grande diferença entre colocar o adversário para dormir e colocar o público para dormir”, declarou Masvidal, fazendo referência ao combate morno proporcionado com Rafael dos Anjos no último sábado (20).

O ímpeto de Edwards para enfrentar um atleta bem ranqueado na categoria se dá pelo fato de que, ao bater Dos Anjos, o lutador deve assumir a colocação que antes era tomada pelo brasileiro (quarta). Com isso, há, além do campeão, apenas três atletas na condição de maiores nomes, no momento, dos meio-médios: Masvidal, Colby Covington e Tyron Woodley.

Jorge Masvidal vem de duas vitórias consecutivas dentro da organização. O atleta, de 34 anos, passou por um momento instável na companhia, no ano de 2017, quando, em três combates, saiu derrotado em duas oportunidades, uma delas para o brasileiro Demian Maia. No entanto, seus sequentes triunfos sobre Darren Till e Askren colocaram o atleta em evidência no Ultimate.

O norte-americano, inclusive, chegou a desafiar Corno McGregor, ex-campeão dos penas (até 65,7kg.) e leves (até 70,3kg.) para um embate, caso não lhe fosse conferida a chance de disputar o título contra Kamaru. O irlandês, no entanto, não respondeu ao desafio, porém, o presidente do UFC, Dana White, rapidamente fez questão de afirmar que o combate jamais acontecerá devido à diferença de tamanho entre os lutadores.

Ao bater Rafael dos Anjos, Leon Edwards, 27, chegou à sua oitava vitória seguida dentro da organização e segue sendo um nome considerável como um possível desafiante ao cinturão da divisão no futuro.

 

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário