Após vencer Pettis, Diaz fala sobre terceira luta contra Conor: ‘Se as agendas baterem, pode acontecer’

Lutador fala sobre possível reencontro com irlandês em dezembro e não fecha portas para novo confronto

N. Diaz em coletiva do UFC. Foto: Reprodução/YouTube UFC

Um dos atletas mais folclóricos do MMA fez retornou com tudo no Ultimate. Após bater Anthony Pettis, Nate Diaz no UFC 241, neste sábado (17), o norte-americano deixou as portas abertas para um possível confronto contra seu antigo rival, Conor McGregor, contra quem já atuou em duas oportunidades. A declaração foi feita na coletiva após o evento.

Veja Também

Dana comenta chance de Borrachinha lutar pelo título: ‘Tem que disputar o cinturão’
Vídeo: Melhores momentos de Nate Diaz x Anthony Pettis no UFC 241
Combate entre Borrachinha e Romero fatura prêmio de ‘Luta da Noite’

“Tudo pode acontecer. Se as agendas baterem, pode acontecer. Quero lutar contra os melhores atletas do mundo”, disse Nate ao ser questionado sobre a possibilidade de uma terceira luta contra o irlandês em dezembro.

Diaz é uma daquelas pessoas que falam o que pensam, doa a quem doer. Conhecido por suas declarações polêmicas e por não se enquadrar no padrão dos demais lutadores, o norte-americano, com seu jeito, conquistou uma grande quantidade de fãs e opositores.

O atleta, que estava sem atuar desde 2016, quando foi derrotado pelo próprio ‘Notório’, foi extremamente ovacionado durante sua entrada no octógono, onde enfrentou Pettis neste final de semana.

Mesmo com o questionamento sobre um possível reencontro com Conor, o atleta manteve claro sua real intenção. Diaz quer enfrentar o compatriota Jorge Masvidal, que teve sua popularidade aumentada após aplicar o nocaute devastador sobre Ben Askren em seu último compromisso.

Ainda no octógono, Nate fez o desafio a Jorge, que sorriu e pareceu gostar da proposta.

“Eu tenho muito respeito pelo Jorge e pelo que ele fez em sua última luta. Se você quer enfrentar gangsters, nós dois somos os únicos gangsters que existem no UFC”, disse Diaz, esbanjando sua fama de ‘Bad Boy.

O pedido de Diaz, entretanto, agradou ao presidente do Ultimate, que, também em entrevista após o evento se mostrou favorável a um combate entre os atletas.

“Eu nunca imaginaria que ele (Nate) pediria essa luta. Mas, quem não gostaria de ver esse duelo?”, questionou White.

Com o triunfo sobre Anthony, Nate somou sua 20ª vitória na carreira, que também conta com 11 reveses.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário