Henry Cejudo manda recado para Aldo: ‘Ele é o Rei do Rio, eu sou o Rei do Mundo’

Campeão dos moscas e galos aceita desafio feito por brasileiro, que revelou o desejo de deixar a categoria dos penas e tentar a sorte nos 61,2kg

H. Cejudo (foto) posa com seus dois cinturões. Foto: Reprodução/Instagram @henry_cejudo

Na última semana, o brasileiro, José Aldo, ex-campeão dos penas (até 65,7kg.), surpreendeu os entusiastas de MMA ao declarar sua real intenção de atuar na categoria dos galos (até 61,2kg.). Na mesma oportunidade, o manauara desafiou o atual dono do cinturão da divisão, Henry Cejudo, para um combate. Sabendo das intenções do ‘Campeão do Povo’, o norte-americano respondeu positivamente ao desafio. A declaração foi feita em entrevista recente no UFC 241.

Veja Também

Masvidal aceita desafio de Nate Diaz e confirma negociação: ‘Vamos dar aos fãs o que eles querem’
Após derrota, Cormier manda recado para família e fãs: ‘Desculpem ter decepcionado’
Ronda Rousey quase perde o dedo em gravação de seriado para TV nos EUA

“Oi, galera. Espero que todos estejam bem. Aqui é Henry Cejudo, campeão olímpico, campeão dos moscas e campeão dos galos. Eu tenho uma mensagem para vocês: ‘vocês têm uma lenda, que é o Rei do Rio, mas eu sou o Rei do Mundo. Eu tenho dois cinturões. Sou o melhor da história”, disse Cejudo em recado para o público brasileiro.

O atleta também aproveitou para provocar José Aldo, confirmando seu desejo mútuo de dividir o octógono com o manauara.

José Aldo, tenho uma mensagem para você: ‘estou indo matar você. Espero que você esteja pronto”, finalizou o lutador.

Em seu último compromisso, Henry, após derrotar o brasileiro Marlon Moraes e conquistar o título vago dos galos, declarou, ainda no octógono, seu desejo de poder enfrentar lendas do esporte. Na ocasião, o campeão olímpico desafiou nomes como Urijah Faber, Cody Garbrandt e Dominick Cruz.

José Aldo não estava entre os nomes citados por Cejudo, mas parece estar determinado em alterar sua rotina para conseguir chegar no peso limite da categoria e poder tentar destronar o atual campeão.

O presidente do UFC, Dana White, afirmou que admira a competência do brasileiro em qualquer divisão que seja, mas não acredita que o manauara consiga chegar até os 61,2kg. O brasileiro já apresentou um histórico de dificuldades em chegar no peso limite entre os penas, cerca de quatro kg acima do seu atual objetivo.

Aldo, recentemente, renovou seu contrato com o Ultimate após levantar rumores sobre uma possível aposentadoria precoce. Em sua última apresentação, o lutador foi derrotado por Alexander Volkanovski no UFC 237, em maio, no Rio de Janeiro.

Caso as negociações se encaminhem, o confronto pode acontecer apenas em 2020, já que Henry se recupera de uma cirurgia no ombro sofrida após seu último triunfo, no UFC 238, em junho.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Quem gostaria de ver @Henry_Cejudo x @JoseAldoJuniorOficial no #UFC? 👀

Uma publicação compartilhada por UFC (@ufc_brasil) em

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário