Com luta neste sábado, Machida quer repetir vitória sobre Mousasi: ‘Posso nocauteá-lo’

Brasileiro, que trava luta co-principal contra holandês imagina que pode repetir triunfo de 2014 e seguir a caminhada rumo ao cinturão do Bellator

L. Machida (esq.) e G. Mousasi (dir.) se enfrentam pelo Bellator em setembro . Foto: Montagem SL / MMA Press

O ex-campeão do UFC, Lyoto Machida, está próximo de completar sua 35ª luta em sua carreira profissional. Agora no Bellator, o atleta terá pela frente um velho conhecido no card que acontece neste sábado (28), na Califórnia (EUA). O paraense irá enfrentar Gegard Mousasi, contra quem lutou em 2014, quando ainda atuava pelo UFC. Sobre o compromisso, o belenense mostrou confiança em uma nova vitória e apostou que o duelo deve se assemelhar ao primeiro encontro. A declaração foi feita em entrevista ao ‘BJPenn.com’.

Veja Também

Vídeo mostra princípio de confusão em hotel entre Yair e Stephens após UFC Cidade do México
Ultimate confirma brasileira Karol Rosa contra Julia Avila no UFC Singapura
Cyborg afirma que, com a proposta certa, pode se apresentar na luta livre: ‘Adoraria o desafio’

“Eu já o derrotei uma vez. Agora, será a segunda. Eu acho que a luta vai ser muito parecida. Na primeira vez, na maior parte do tempo, ela foi desenrolada em pé e eu acho que será igual. Vai ser um bom duelo. Eu treinei muito a minha trocação para conseguir nocautear as pessoas e eu acho que posso nocauteá-lo”, disse Lyoto.

Mesmo com a confiança nos punhos, Machida afirma não ter preferência pela forma com que o resultado positivo vença. Para p paraense, o importante é o triunfo para que o atleta siga a caminhada rumo ao cinturão do Bellator, empresa pela qual o atleta tua desde dezembro do ano passado.

“Eu não tenho preferência (sobre a vitória. Eu só quero lutar pelo cinturão. De qualquer divisão. Qualquer um que me oferecerem, eu pego. Mas, se for pelos meio-pesados (até 93kg.), seria ideal”, disse o brasileiro.

Aos 41 anos, Lyoto, que recentemente admitiu o desejo de lutar até os 44 anos, motra que o espírito de competidor ainda permanece vivo, mesmo depois de tantos anos de carreira. O atleta disse, ainda, que pensa em ser campeão de duas categorias diferentes no Bellator.

“Eu só quero ser um campeão e ter um cinturão e, quem sabe, talvez, ser vencedor em duas categorias um dia. Apenas quero lutar pela cinta no meu próximo compromisso”, finalizou o lutador.

Lyoto ostentou a cinta de campeão do Ultimate entre os anos de 2009 e 2010. Ao todo, o lutador soma 26 vitórias e apenas oito derrotas na carreira.

Mousasi recentemente foi derrotado por Rafael Lovato e acabou perdendo seu cinturão dos médios da organização.

 

 

 

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments