Jones sobre Weidman nos meio-pesados: ‘Digam a ele que ele não quer me enfrentar’

Campeão meio-pesado ironiza decisão de ex-dono do título dos médios em subir de divisão e buscar novo cinturão

J. Jones (foto) em coletia de imprensa. Foto: Reprodução/Instagram @ufc

O campeão dos meio-pesados (até 93kg.), Jon Jones, ironizou o fato de Chris Weidman decidir subir de categoria e tentar a sorte na categoria dominada por ‘Bones’. Em um vídeo gravado em sua conta oficial no Instagram, Jon brincou sobre a possibilidade de vir a enfrentar Chris em uma futura desforra pelo cinturão da categoria.

Veja Também

Treinador de Jon Jones acusa atleta de não pagar cerca de R$54mil após luta contra Marreta
Askren afirma que pretende lidar com derrotas melhor do que Ronda Rousey
Nocaute de Masvidal sobre Askren é pintado na parede da American Top Team

“Ei, eu estou apenas checando as notícias. Alguém diga a Chris Weidman que ele não quer lutar comigo. Ei, Chris, pare com isso”, disse Jones.

Na legenda do próprio vídeo, ‘Bones’, com ar mais sério, tratou de ameaçar o ex-campeão dos médios (até 83,9kg.) no intuito de intimidar Weidman, que vive uma dura fase na carreira.

“Tenha cuidado com esse alvo que você está colocando nas minhas costas. Ele pode se voltar contra você”, escreveu o norte-americano.

Chris anunciou que se aventuraria na nova categoria em junho deste ano. O atleta seguiu o exemplo de outro ex-campeão da divisão de baixo, Luke Rockhold, que realizou sua estreia no novo grupo em julho. Na ocasião, o ex-detentor do título do Strikeforce e Ultimate foi surpreendido por Jan Blachowicz e acabou brutalmente nocauteado no segundo round em combate válido pelo UFC 239.

Outro lutador que optou por respirar novos ares no MMA foi o brasileiro Ronaldo Jacaré. O multicampeão de jiu-jitsu deixou a divisão dos médios após falhar em algumas oportunidades de chegar à disputa de cinturão. Jacaré realizará seu debute na categoria de Jon em novembro, na luta principal do UFC São Paulo.

Assim como Jacaré, Chris tentará reerguer sua carreira que está longe daquela que o dia o consagrou dentro das artes marciais mistas. O norte-americano que se tornou famoso por encerrar a hegemonia de Anderson Silva no esporte, vem de quatro derrotas em seus últimos cinco compromissos. A última atuação de Weidman aconteceu em novembro do ano passado, quando foi derrotado por Jacaré no UFC 230.

Sua estreia entre os meio-pesados acontecerá em 18 de outubro, no UFC Boston, quando enfrenta Dominick Reyes na luta principal do evento. Caso vença, o Chris oficialmente entrará na divisão com o pé direito, já que seu rival ocupa a quarta colocação no ranking da categoria. A diretoria do Ultimate, inclusive, busca um novo adversário para Jon Jones, que não tem nova defesa de cinturão agendada.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Be careful with that target you’re staring at on my back, it just might bite you in the ass @ChrisWeidman

Uma publicação compartilhada por Jon Bones Jones (@jonnybones) em

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments