Askren afirma que pretende lidar com derrotas melhor do que Ronda Rousey | SUPER LUTAS

Askren afirma que pretende lidar com derrotas melhor do que Ronda Rousey

Meio-médio, que vem de duro revés para Jorge Masvidal, diz que não se esconder, ao contrário do que fez a ex-campeã, é a melhor maneira de seguir em frente após um mau resultado

B. Askren em ação. Foto: Reprodução/Facebbok @benaskren

O ex-campeão do ONE FC e Bellator, Ben Askren está trabalhando o psicológico para superar a dura derrota sofrida para Jorge Masvidal no UFC 239. Na ocasião, além de perder sua invencibilidade na carreira, o atleta foi responsável por sofrer o nocaute mais rápido da história do Ultimate. Sobre o assunto, o norte-americano afirmou que pretende não seguir os passos de Ronda Rousey, que, ao ser derrotada por Holly Holm (2015) e Amanda Nunes (2016), preferiu o silêncio a se manifestar com imprensa e fãs. A declaração foi feita em entrevista ao ‘MMA Fighting’.

Veja Também

“Eu acho que isso é a pior coisa que você pode fazer (se isolar). Eu quero dizer, obviamente, se você quiser apontar para quem fez o pior foi Ronda (Rousey)”, disse Ben.

O atleta ainda argumentou sobre como o comportamento com as pessoas ao redor podem influenciar positivamente para saber superar a perda. Para ele, a derrota faz parte do universo do MMA e o lutador deve estar preparado para superá-la.

“Eu sempre sinto que quero contar a minha história da minha maneira. Se você se esconder no canto, todo mundo vai falar sobre o que você vai fazer. Olha, isso acontece. Faz parte do esporte ou mesmo da vida. As perdas acontecem. Acho que a melhor coisa que você pode fazer é dizer: ‘Isso aconteceu. O que vou fazer agora?”, contou Askren.

Após perder o cinturão Holly, Ronda se isolou e ressurgiu um ano depois como desafiante de Amanda Nunes, que já ostentava o título. Na ocasião, pelo UFC 207, a lendária lutadora mostrou que não estava 100% recuperada e acabou sofrendo um duro nocaute da ‘Leoa’ logo no primeiro round.

O evento acabou marcando, também, a última luta da carreira de Ronda.

Askren, após a derrota, agiu rápido e aceitou fazer parte do UFC Singapura, que acontece em 26 de outubro. O norte-americano irá encarar Demian Maia na luta principal do card. Ben precisa da vitória para retornar aos holofotes dos meio-médios e voltar a sonhar com uma futura disputa de cinturão.

A queda do ‘Império Pitbull’ no Bellator e a prévia para o UFC 265

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments