Fora do UFC 243 por lesão, Holly Holm manda mensagem a fãs e adversária: ‘Estou arrasada’

Ex-campeã das galos, que enfrentaria Raquel Pennington neste final de semana, explica motivo de ser retirada do card e promete voltar em breve

H. Holm (foto) envia mensagem após ser retirada do UFC 243 por lesão. Foto: Reprodução/Facebook ufc

A ex-campeã das galos (até 62,7kg.) do Ultimate, Holly Holm, está fora do card deste final de semana. A norte-americana, que enfrentaria Raquel Pennington neste sábado (5) em uma das lutas do UFC 243, na Austrália, teve de ser retirada do card por conta de uma lesão no tendão. Em nota, a lutadora fez questão de justificar a ausência no espetáculo e se desculpar com os fãs e sua adversária. A publicação foi feita em sua conta oficial no Instagram.

Veja Também

Borrachinha admite torcida para Adesanya contra Whittaker: ‘Quero tirar o cinturão dele’
Bellator confirma estreia de Cyborg para 25 de janeiro contra campeã Julia Budd
Faminto por revanche contra Rafael Lovato, Mousasi afirma: ‘Se eu perder, me aposento’

“Só queria por todo o amor. Todos enviaram pensamentos positivos pela minha lesão. Se você não sabe, eu me contundi e não poderei lutar na Austrália (UFC 243). É algo que traz muita tristeza e que me deixa muito chateada. Passar por todo um período de treinamento e não ser capaz de chegar à luta”, disse a ex-campeã.

Holm não se esqueceu de falar sobre Raquel Pennington, contra quem a norte-americana dividiria o octógono. A lutadora fez questão de se desculpar e mostrar respeito em relação à compatriota.

“Este também era um período de treinamento para Raquel Pennington, minha adversária pela qual tenho muito respeito. Não conheço os termos científicos, mas rasguei 30% do meu tendão na semana passada durante o treinamento. A boa notícia é que eu não preciso de cirurgia, mas uma semana não é tempo suficiente para eu estar pronta para lutar”, afirmou Holly.

“A ‘Filha do Pastor’, no entanto, contou que logo estará pronta para retomar às suas atividades. Eu vou me reabilitar e estarei de volta em breve. Vou avisar a vocês quando a luta for remarcada. Obrigada novamente por todo o amor”, finalizou Holm.

Holly tomou notoriedade mundial quando chocou o mundo ao destronar a, até então, inquestionável Ronda Rousey, em 2015, encerrando uma hegemonia de sete defesas de título da norte-americana. Holm, como campeã, não conseguiu o mesmo sucesso da ex-rival. A atleta foi derrotada em sua primeira defesa de cinturão e, após isso, entrou em declínio na carreira.

Em seus últimos sete compromissos, a lutadora foi batida em cinco oportunidades. A ‘Filha do Pastor’, hoje, tem 37 anos e soma, no MMA, 17 lutas, com 12 triunfos e cinco reveses.

 

 

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário