Agressão a senhor em bar pode render a McGregor seis meses de prisão

Seis meses após socar um homem em um pub na Irlanda, e dois meses após a divulgação do vídeo, Conor é, enfim, indiciado pela justiça

C. McGregor é flagrado em nova confusão na Irlanda. Foto: Reprodução/Instagram @thenotoriousmma

O ex-campeão dos penas e leves do Ultimate, Conor Mcgregor, novamente tem seu nome ligado a temas extra octógono. No entanto, desta vez, o assunto gira em torno de uma ocorrência passada. O irlandês foi, enfim, indiciado pela justiça pela agressão a um senhor em um pub na Irlanda, em abril deste ano. Como pena, o atleta pode pegar até seis meses de prisão e pagar uma multa de 1,5 mil euros (aproximadamente R$6,69 mil). A informação foi divulgada pelo ‘The Independent’ e confirmada pela ‘ESPN’.

Veja Também

Wanderlei Silva desafia Vitor Belfort para estreia no ‘boxe sem luvas’: ‘Vai fugir?’
Sheymon Moraes confirma demissão após duas derrotas seguidas pelo UFC
Borrachinha volta a provocar Adesanya: ‘Vou ter a primeira morte no meu cartel’

Na necessidade de resolver seu problema na justiça, McGregor foi intimado a comparecer no tribunal no dia 11 de outubro. A pena máxima expedida pelo juiz, no caso do lutador, pode ser de seis meses ou uma compensação financeira de 1,5 mil euros. Na pior das hipóteses, Conor poderá ser preso e ainda arcar com a punição monetária.

Quando o vídeo foi divulgado, em agosto, a situação causou bastante constrangimento e revolta por parte dos fãs de MMA. Nas imagens divulgadas, Conor aparece servindo doses de sua marca de uísque a algumas pessoas em um bar e, quando percebeu que um dos presentes se negou a aceitar, desferiu um golpe de esquerda covarde e inesperado, sendo retirado do ambiente imediatamente.

Duas semanas depois da divulgação do vídeo contendo a agressão na mídia, o irlandês concedeu uma entrevista a Ariel Helwani, repórter da ‘ESPN’, na qual tentou esclarecer a situação e assumir toda a culpa diante dos fãs.

“Na realidade, não importa o que aconteceu lá. Eu estava errado. Aquele homem merecia aproveitar seu tempo no pub sem ter que terminar como terminou. E apesar de ter sido há cinco meses, eu tentei fazer emendas, e eu fiz emendas naquela época. Mas isso não importa. Eu estava errado”, disse o ‘Notório’ em um raro momento de humildade.

Atualmente afastado das lutas por vontade própria, o irlandês não atua desde sua derrota para Khabib Nurmagomedov, no UFC 229, em outubro do ano passado, quando perdeu a chance de recuperar seu antigo título dos leves. A diretoria do Ultimate e os entusiastas de MMA vivem a expectativa para o anúncio do retorno do atleta ao octógono. Até o momento, nenhum combate foi confirmado.

 

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário