Wanderlei Silva desafia Vitor Belfort para estreia no ‘boxe sem luvas’: ‘Vai fugir?’

Atleta pede desforra com antigo desafeto e mira debute no Bare Knuckle FC; lutadores se enfrentaram pelo UFC em 1998

W. Silva (dir.) desafia V. Belfort (esq.) para boxe sem luvas. Foto: Reprodução/Facebook/Montagem SL

O lendário Wanderlei Silva parece estar realmente de volta. Após surgirem rumores sobre o curitibano ter assinado contrato com o Bare knuckle FC, uma espécie de boxe sem luvas, o lutador praticamente confirmou o interesse de disputar a modalidade e ainda fez um desafio. O ‘Cachorro Louco’ fez um desafio a Vitor Belfort para ser seu oponente no combate de estreia. A declaração foi feita em entrevista recente ao ‘AgFight.com’.

Veja Também

Sheymon Moraes confirma demissão após duas derrotas seguidas pelo UFC
Borrachinha volta a provocar Adesanya: ‘Vou ter a primeira morte no meu cartel’
Charles ‘do Bronx’ é confirmado no UFC São Paulo e tenta sexta vitória seguida

“Em relação ao Bare Knuckle, fui convidado para fazer uma aparição lá. Para assistir a luta do (Antônio) ‘Pezão’ contra o (Gabriel) ‘Napão’. Eles têm números bem interessantes. Acho que finalmente achei o palco perfeito para resolver todas as minhas rixas no esporte. Só no braço, só na mão, no boxe sem luvas”, disse Wand.

Caso seja confirmado como atleta oficial da nova empresa, Silva já tem um alvo fixo para realizar seu debute. O curitibano desafio Vitor Belfort, eterno rival contra quem atuou em uma apresentação em 1998, saiu derrotado em um nocaute relâmpago e nunca engoliu.

“Vou lançar o desafio que eu gostaria de fazer no Bare Knuckle. EU mandei um áudio para um dos promotores e eles estão oferecendo um dinheiro incrível. Mais do que eu estou ganhando”, disse Wanderlei. Eu disse que gostaria de uma luta, mas tenho um cara em particular. Aceitaria disputar se fosse com Belfort”, declarou a lenda.

Wand ainda estipulou a maneira com que gostaria de batalhar contra o ‘Fenômeno’. Para o ex-campeão do PRIDE, a luta deveria acontecer à moda antiga.

“Sem luvas. Cinco rounds, dois minutos e apenas boxe. Eu quero ver agora se ele é homem ou se vai correr. Nós achamos o lugar certo para resolver nossas antigas rivalidades do MMA”, disse Silva.

Por fim, o curitibano lançou o desafio formal.

“E aí, Vitor? Vamos fazer acontecer ou vai correr?”, finalizou o ‘Cachorro Louco’.

V. Belfort arrasa W. Silva em menos de um minuto no UFC Ultimate Brazil, disputado em São Paulo. Foto: Reprodução

Atualmente, Wanderlei Silva está com 43 anos e não atua desde sua derrota para outro de seus maiores rivais. O lutador, no ano passado, acabou derrotado na quarta luta entre ele e Quinton Jackson. Na ocasião, o combate aconteceu no Bellator.

Belfort, de 42, recentemente assinou contato com o ONE FC e se tornou uma espécie de embaixador da empresa no Brasil. O atleta, que havia anunciado sua aposentadoria em 2018 já sinalizou o desejo de retornar a lutar.

 

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments