Sheymon Moraes confirma demissão após duas derrotas seguidas pelo UFC

Com cinco lutas pela organização, gonçalense afirma que foi dispensado pela empresa após mau momento

Notícia triste para o público brasileiro, fã de MMA

S. Moraes confirma dispensa pelo UFC. Foto: Reprodução/YouTube UFC

. O gonçalense Sheymon Moraes foi dispensado pelo Ultimate após cinco apresentações pela empresa. O peso pena (até 65,7kg.) vinha de duas derrotas consecutivas. A informação foi divulgada pelo próprio atleta em seu perfil oficial no Instagram.

Saiba mais

Borrachinha volta a provocar Adesanya: ‘Vou ter a primeira morte no meu cartel’
Charles ‘do Bronx’ é confirmado no UFC São Paulo e tenta sexta vitória seguida
Vindo de vitória, Dhiego Lima espera bônus de ‘Luta da Noite’ contra Luke Jumeau, no UFC 243

“Fala, galera. Infelizmente venho aqui dar uma triste notícia: que hoje eu já não faço mais parte do UFC. Mas é isso aí, vida que segue”, escreveu o lutador.

Após a publicação, alguns lutadores chegaram a comentar a publicação do brasileiro no intuito de dar suporte ao atleta. Um deles, foi Gilbert Durinho, que recentemente conquistou uma ótima vitória no UFC Copenhague sobre Gunnar Nelson.

“Você é brabo (sic), irmão. Sempre na torcida”, escreveu o meio-médio.

Outro lutador que apareceu para dar forças a Sheymon neste momento de dificuldades foi o experiente Thales Leites, que vem de vitória na empresa sobre Hector Lombated.

“Força e honra, irmão. Cabeça erguida e continue na caminhada. Estou sempre na torcida”, escreveu Leites.

Moraes estreou no UFC aos 26 anos, em 2017. Logo de cara, o gonçalense foi escalado para encarar uma pedreira. Pela frente, o lutador teve de enfrentar o promissor Zabit Magomedsharipov. A luta foi escalada para acontecer no UFC Shangai e o brasileiro acabou derrotado por finalização.

Sheymon conseguiu se recuperar em seus dois outros combates. O lutador conseguiu duas vitórias em sequência (2018), mas voltou a amargar uma má fase. Nos últimos dois compromissos, ambos em 2019, o lutador saiu derrotado; uma por decisão e outra por nocaute.

Aos 28, Moraes, que iniciou sua carreira no MMA em 2012, atualmente soma 15 lutas, com 11 vitórias e quatro derrotas na carreira profissional.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário