Israel Adesanya é favorito contra Robert Whittaker na luta principal do UFC 243

Segundo a Oddsshark, nigeriano tem cotação de 1.83 contra 1.90 de Whittaker; Entre os brasileiros, Dhiego Lima é favorito e Bruno Bulldoguinho azarão

I. Adesanya (foto) é favorito no UFC 243. Foto: Reprodução/Instagram @stylebender

Equilíbrio! Essa é a palavra que marca a luta principal do UFC 243, evento que acontece neste sábado (05) em Melbourne, Austrália. O australiano Robert Whittaker, campeão linear dos médios (até 83.9 kg.) e o nigeriano radicado na Nova Zelândia, Israel Adesanya, dono do cinturão interino, unificam o reinado da divisão em um duelo que promete muita emoção, tanto que a diferença de cotas, segundo a OddsShark é de apenas R$ 0,07.

(R$ 1,90) Robert Whittaker x Israel Adesanya (R$ 1,83)

Invicto há 9 duelos, Whittaker conta com o cartel de 20 vitórias e 4 derrotas. Mesmo sendo o atual dono do cinturão do peso médio e ter a torcida local ao seu lado, ele é visto como ligeiro azarão, rendendo R$ 1,90, afinal não luta desde junho do ano passado, quando derrotou Yoel Romero. Do outro lado, Adesanya nunca perdeu em sua carreira, meu amigo! Em 17 lutas, foram 17 triunfos, sendo 13 conseguidos por meio de nocaute. Ao contrário do adversário, o nigeriano entrou em ação mais recentemente, em abril deste ano, quando venceu Kelvin Gastelum. Se ele continuar com a sua magnífica série sem ser derrotado, você vai embolsar R$ 1,83.

(R$ 2,35) Al Iaquinta x Dan Hooker (R$ 1,60)

Pelo peso leve, o americano Al Iaquinta duelo com o neozelandês Dan Hooker. O representante do Tio Sam vem de derrota para Donald Cerrote, por isso está com a menor cota, de R$ 2,35, enquanto que Hooker, com R$ 1,60, venceu James Vick com um nocaute.

(R$ 1,66) Dhiego Lima x Luke Jumeau (R$ 2,20)

O goiano Dhiego Lima subirá no octógono com moral, já que não perde há 2 lutas, tendo o cartel de 14 resultados positivos e 7 negativos. Contra ele, estará o neozelandês Luke Jumeau que também vem de um triunfo recente. O retrospecto do oponente do brasileiro é de 13 vitórias e 4 derrotas. O embate vale pelo peso meio-médio.

(R$ 1,41) Khalid Taha x Bruno Bulldoguinho (R$ 2,90)

O outro brazuca do UFC 243 é o paulista Bruno Bulldoguinho, estreante no Ultimate, no peso galo. O novato até agora teve 10 vitórias, 3 derrotas e 2 empates. O seu rival será o alemão Khalid Taha, com o cartel de 13 triunfos e 2 reveses, estando invicto há 2 lutas no UFC. É natural que o estreante tenha a menor cota do embate e seja apontado como grande azarão.  Ele paga R$ 2,90, contra R$ 1,41 do estrangeiro.

(R$ 1,18) Megan Anderson x Zarah Fairn dos Santos (R$ 4,75)

Como sempre fazemos em nossos textos, destacamos a luta que oferece a maior barbada nas casas de apostas. Aqui, a australiana Megan Anderson é apontado como a grande favorita para este embate, com o valor de R$ 1,18, mesmo vindo de derrota para Felicia Spencer em maio. Ela contabiliza 9 vitórias e 4 derrotas. A francesa Zarah, por sua vez, com 6 resultados positivos e 2 negativos, é mais uma atleta a estrear na maior competição de MMA da atualidade. Caso consiga estrear com o pé direito no UFC, rentabilizará R$ 4,75 para 1.

Como apostar?

Você acessa o OddsShark – site parceiro e um dos mais respeitados do mundo quando o assunto é o palpite esportivo –, escolhe uma casa de aposta e faz um cadastro com login e senha. Em seguida, efetua uma quantia e já pode investir. Analisar a fase dos lutadores e o retrospecto das lutas aumentam as chances de você ter lucro.

Confira as lutas e as cotas do UFC 243:

CARD PRINCIPAL

A partir das 23h, no horário de Brasília

Robert Whittaker (R$ 1,90) x (R$ 1,83) Israel Adesanya – Peso médio

Al Iaquinta (R$ 2,35) x (R$ 1,60) Dan Hooker – Peso leve

Tai Tuivasa (R$ 1,25) x (R$ 4,00) Sergey Spivac – Peso pesado

Luke Jumeau (R$ 2,20) x (R$ 1,66) Dhiego Lima – Peso meio-médio

Justin Tafa (R$ 1,77) x (R$ 2,00) Yorgan DeCastro – Peso pesado

CARD PRELIMINAR

A partir das 20h, no horário de Brasília

Jake Matthews (R$ 1,31) x (R$ 3,45) Rostem Akman – Peso meio-médio

Callan Potter (R$ 3,40) x (R$ 1,32) Maki Pitolo – Peso meio-médio

Jamie Mullarkey (R$ 2,20) x (R$ 1,66) Brad Riddell – Peso leve

Megan Anderson (R$ 1,18) x (R$ 4,75) Zarah Fairn dos Santos – Peso pena

Nadia Kassem (R$ 2,50) x (R$ 1,54) Ji Yeon Kim – Peso mosca

Khalid Taha (R$ 1,41) x (R$ 2,90) Bruno Bulldoguinho – Peso galo

 

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário