Jones sobre Adesanya: ‘Quando tiver confiança para lutar comigo, já estarei nos pesados’

Campeão meio-pesado afirma que, em 2021, já vai integrar o grupo dos pesados do Ultimate; combate teria que acontecer antes

J. Jones segue como campeão do UFC. Foto: Reprodução/Facebook UFC

Se o novo campeão absoluto dos médios (até 83,9kg.) e o dono do título meio-pesado (até 93kg.) vão se enfrentar, isso ninguém pode garantir. No entanto, os atletas têm dado demonstrações que estão construindo uma rivalidade que pode levar a um combate no futuro. Recentemente, Adesanya afirmou que pretende enfrentar Jones por volta de 2021. Em resposta, o norte-americano afirmou que falta confiança ao nigeriano e que, nesta época, provavelmente estará na divisão dos pesados (até 120,2kg.). A declaração foi feita em publicação na conta oficial de ‘Bones’ no Twitter.

Veja Também

Após se tornar campeão absoluto dos médios, Adesanya provoca Borrachinha: ‘Vou fazer dele a minha vadia’
Nocaute de Adesanya sobre Whittaker rende prêmio de ‘Performance da Noite’ a nigeriano após UFC 243
VÍDEO: Assista o nocaute brutal de Israel Adesanya sobre Robert Whittaker no UFC 243

“Quando esse garoto se colocar a sua confiança em dia, provavelmente eu já vou estar na divisão dos pesados. Eu não preciso esperar até 2021 para começar a acreditar em mim mesmo”, escreveu Jon.

As alfinetadas entre os atletas começaram quando Adesanya afirmou o desejo de realizar uma super luta contra Jones no futuro. A última declaração de Jon, no entanto, parece uma tentativa de apressar as negociações, pois o lutador já afirmou que pretende migrar para a divisão de cima no futuro.

De fato, o norte-americano não tem tanto tempo para esperar. Jon já venceu os maiores desafiantes da sua atual categoria e o Ultimate tem encontrado dificuldades para achar desafiantes que possam fazer frente aquele que é considerado, por muitos, o melhor atleta das artes marciais mistas de todos os tempos.

Agora como campeão absoluto dos médios, Israel já afirmou que pretende cumprir algumas defesas de cinturão antes que possa se aventurar em outra categoria. Embora não tenha data para retorno ao octógono, já que o nigeriano confirmou o desejo de descansar por um período por ter realizado sete combates nos últimos 18 meses, Adesanya já tem um alvo confirmado.

Depois de derrotar Whittaker, no último sábado (5), o nigeriano falou com segurança que seu próximo oponente será o brasileiro Paulo Borrachinha, com quem o atleta também tem alimentado uma rivalidade nos últimos meses.

Atualmente, Adesanya, de 30 anos, soma 18 lutas em sua carreira profissional sem nunca ter sentido o gosto da derrota.

Jones, 32, campeão inquestionável, soma 27 lutas, com apenas uma derrota e um duelo sem resultado em seu cartel. O único revés do norte-americano, no entanto, veio há quase 10 anos, quando o norte-americano foi desqualificado por conectar cotoveladas ilegais em Matt Hamill.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário