Ribas sobre Mackenzie: ‘Tenho que bater nela para chegar ao meu objetivo’

Brasileira mantém foco para segunda luta pelo Ultimate e visa vitória para chegar ao topo das palhas

A. Ribas na American Top Team. Foto: reprodução/Instagram @amandaufcribas

A brasileira Amanda Ribas será uma das representantes tupiniquins para o card do UFC Tampa, que será realizado neste sábado (12), nos Estados Unidos. A mineira terá pela frente Mackenzie Dern, uma referência no jiu-jitsu. Sabendo das dificuldades que irá enfrentar, Ribas tratou de mostrar seu foco para o combate e garantir concentração total para garantir a vitória. A atleta falou sobre a peleja em entrevista ao ‘Combate’.

Veja Também

Tim Elliot mostra confiança para bater Deiveson no UFC Tampa: ‘É lento, não consegue me tocar’
Jimi Manuwa afirma que Johnny Walker pode vencer Jones: ‘Se conseguir defender quedas, ganha’
Com luta neste sábado, Deiveson pede luta por cinturão interino dos moscas em caso de vitória

“Pedi ao UFC uma top 15, e ela era uma top 15. Fiquei muito feliz quando me deram porque é uma atleta de nome, e se eu quiser fazer história tenho que ganhar das melhores”, contou Amanda.

A brasileira também falou sobre a preparação para o duelo deste final de semana. Segundo Ribas, tudo correu como planejado e sua forma física está a melhor possível para encarar Dern.

“A minha preparação foi uma das melhores possíveis. Comecei lá na minha cidade, Varginha (MG), e vim aqui para a Flórida (EUA), para a American Top Team para poder melhorar taticamente com o sensei Parrumpinha, com o Anderson França, e com meu pai também, que veio junto. O camp foi maravilhoso e sou agradecida de estar aqui”, comentou.

A mineira garantiu que não focou apenas em uma modalidade para poder surpreender Mackenzie. Amanda contou que tentou trabalhar em todas as áreas para que não passe por sustos durante o duelo.

“Para essa luta preparei o meu muay thai, meu boxe, minha cabeça, meu jiu-jítsu, meu wrestling, meu judô, estou preparada para o que vier. Sei que isso é bordão, que todos os lutadores falam, mas realmente me dediquei 100% em todos os treinos, na minha alimentação, na preparação física, e vejo que vai ser uma luta muito boa. Ela é uma atleta muito experiente, muito boa. Espero que seja um lutão para todo mundo aplaudir de pé, que eu acho que é o mais emocionante”, disse a combatente.

Ribas, por fim, garantiu que o fato de Mackenzie ter sangue brasileiro, mesmo tendo nascido nos Estados Unidos, não influenciará no tratamento com a adversária. A atleta tem um objetivo fixo em mente e precisa passar por todos os desafios colocados à sua frente.

Não olho muito para nacionalidade. Olho para a minha oponente, que está ali com o objetivo de ganhar também. Só que eu quero muito essa vitória. Tenho que bater nela para chegar ao meu objetivo”, finalizou a brasileira.

Neste final de semana, Amanda completará sua nona luta desde que estreou como profissional no MMA. A atleta, hoje, tem apenas uma derrota em seu currículo, ocorrida em 2015.

Mackenzie, por sua vez, segue invicta na carreira, que conta com sete vitórias.

 

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments