Mackenzie mostra maturidade ao lidar com a primeira derrota: ‘Tem muito pela frente’

Peso palha sofreu seu primeiro revés no último final de semana, quando enfrentou Amanda Ribas no UFC Tampa

M. Dern em pesagem para o UFC Tampa. Foto: Reprodução/Instagram @mackenziedern

A norte-americana com raízes brasileiras, Mackenzie Dern, não procurou desculpas para justificar seu revés sofrido para a mineira Amanda Ribas no UFC Tampa. A peso palha afirmou que derrotas acontecem e mostrou positividade ao lidar com o primeiro resultado negativo na carreira. A declaração foi feita em publicação na sua conta oficial no Instagram.

Veja Também

Kron Gracie reclama de derrota para Cub Swanson no UFC Tampa: ‘Venci aquela luta’
Ex-técnico de Anderson Silva é acusado de estuprar duas atletas menores de idade
Vídeo: Veja os melhores momentos de Joanna x Waterson no UFC Tampa

“Sem Desculpas! Derrota faz parte da vida. Tem muito pela frente ainda. Parabéns para minha adversária, a Amanda! Obrigada à minha família, meus coaches (treinadores), meus patrocinadores. E muito obrigada aos meus fãs, que realmente acreditam em mim”, escreveu a lutadora.

Apenas o fato de ter subido ao octógono neste final de semana já faz de Dern uma verdadeira guerreira. A atleta aceitou o desafio de encarar uma das promessas da companhia apenas quatro meses depois de ter dado à luz. Apesar de não ter saído com o resultado positivo, Mackenzie não fez feio e travou, junto com Ribas, uma luta que entusiasmou os espectadores em muitos momentos do combate.

Com apenas 26 anos, o combate representou a oitava apresentação da norte-americana na carreira. Dern foi contratada junto ao UFC como uma das promessas para conquistar o cinturão da empresa no futuro. Invicta, a lutadora fez sua estreia pela organização em março do ano passado.

Sua segunda peleja aconteceu em maio de 2018, e, desde então, a combatente não havia se apresentado mais por conta, inclusive, do período de gestação. De volta, Dern tinha o compromisso de defender sua invencibilidade contra Ribas, que vem em ótima fase na carreira e não perde desde 2015.

Após três rounds bem disputados, Mackenzie acabou sendo declarada derrotada na decisão unânime dos juízes, o que resultou no primeiro revés e somou a terceira vitória consecutiva na carreira de Amanda, 26, que agora tem oito triunfos e uma derrota no currículo.

 

 

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments