Derrick Lewis confessa que acreditou ter perdido luta para Blagoy Ivanov: ‘Fiquei surpreso com a vitória’

Peso pesado travou um combate morno contra rival, que manteve a estratégia de levar o duelo para o chão

D. Lewis em pesagem pelo UFC. Foto: Reprodução/Instagram @thebeastufc

O ex-desafiante ao título dos pesados (até 120,2kg.), Derrick Lewis, surpreendeu ao dar uma declaração inusitada. O norte-americano afirmou que imaginou ter sido derrotado por Blagoy Ivanov em um dos combates do card principal do UFC 244, realizado no último sábado (2), em Nova York. Em entrevista ao ‘Ariel Helwani’s MMA Show’ o atleta comentou que se impressionou com a decisão dos juízes.

Saiba mais

Com luta neste sábado, Klidson Abreu quer frustrar russos e conquistar segunda vitória no Ultimate
Recuperado de derrota, Walker quer retorno em dezembro: ‘Quero voltar o mais rápido possível’
Médico que interrompeu luta entre Diaz e Masvidal confirma ameaças após decisão: ‘Temo pela minha segurança’

“Eu pensei que eu tinha perdido aquela luta. Achei que eles dariam a vitória para o Blagoy”, comentou.

Derrick teve o pensamento no revés por levar em consideração a quantidade de vezes em que foi levado ao chão por seu rival, que adotou a luta agarrada como estratégia para a vitória. Mesmo sendo derrubado em todos os rounds, o ímpeto do Ivanov no chão não foi suficiente para pontuar sobre o adversário.

“Pensei que ia perder por causa das quedas. Só por isso. Eu também fiquei surpreso com a vitória. Eu achei que ele iria tentar me dar cotoveladas e me atingir socos enquanto testava por cima, mas ele não fez isso. Eu só tive o trabalho de manter meu fôlego”, disse Lewis.

O norte-americano, porém, mesmo sendo levado para a sua zona de desconforto, conseguiu, em algumas oportunidades, explodir e partir para cima de Blagoy, que foi surpreendido por alguns golpes de encontro, chegando a balançar em algumas oportunidades. Porém, mesmo saindo vencedor, Derrick afirma que poderia ter se apresentado melhor no card de Nova York.

“Eu poderia ter feito mais do que eu fiz. Eu deveria ter sido mais ativo ao invés de hesitar em socar e chutar”, finalizou o gigante.

Com o triunfo, o norte-americano se recuperou oficialmente de duas derrotas em sequência na carreira. O combatente havia sido derrotado por Daniel Cormier, ex-campeão da categoria, em disputa pelo cinturão, em novembro do ano passado e, em seguida, por Júnior Cigano, em março deste ano.

Ao contrário de Lewis, Blagou teve interrompida uma sequência de duas vitórias.

 

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário