Nick Diaz confirma planos para retornar ao MMA: ‘Devo lutar em breve’

Astro do Ultimate, em vídeo inusitado, revela desejo de voltar a atuar pela organização; data e adversário, no entanto, não foram revelados

N. Diaz projeta retorno ao MMA. Foto: Reprodução/Instagram @nickdiaz209

Sem coletiva de imprensa ou publicação oficial nas redes sociais. Nick Diaz escolheu um momento inusitado para anunciar seus planos de retornar ao octógono. Durante um vídeo em que deveria chutar um ‘youtuber’ nas partes íntimas, o combatente afirmou que deve voltar a se apresentar no MMA. As imagens foram divulgadas no Instagram do atleta e, depois, reproduzidas no Twitter de Anton Tabuena.

Saiba mais

Mayweather projeta duas lutas em 2020, uma delas contra estrela do UFC
Treinador de Jacaré admite mudança de ares em 2020 para atleta voltar a vencer
Treinador de Askren culpa tempo por insucesso de pupilo no UFC: ‘Seria campeão, se chegasse antes’

“Eu não gosto de machucar as pessoas. Mas, eu não quero me machucar. Tenho grandes novidades chegando. Estou próximo de voltar a lutar”, disse o atleta, que não cumpriu o desafio de chutar o indivíduo.

Os rumores sobre um possível retorno de Nick ao MMA tiveram início após uma divergência em relação a uma suposta fala de Jorge Masvidal, que afirmou que ‘batizaria’ Nate Diaz, irmão mais novo de Nick, no confronto do UFC 244, válido pelo título simbólico de ‘Mais Casca-Grossa do Esporte’.

Masvidal saiu vencedor do confronto, que aconteceu no início de novembro e provocou a ira do irmão mais velho, que saiu em defesa de Nate, além de desafiar e afirmar que venceria Jorge.

“Você quer falar sobre batizar meu irmão mais novo, isso [e com você. Eu nunca tive nada desrespeitoso para dizer, mas você não fala essas coisas do meu irmão. Você está ferrado se assumir a posição de me enfrentar”, declarou Nick, na época.

Diaz não é visto em ação desde o combate contra Anderson Silva, ocorrido em 2015, há quase cinco anos. Na ocasião, em um primeiro momento, o norte-americano foi derrotado pelo brasileiro, mas o resultado do confronto foi posteriormente alterado após os dois atletas terem sido flagrados em exames antidoping realizados no período de treinamento.

Caso seja confirmado o retorno do ‘bad-boy’, o atleta voltará próximo dos 37 anos. Ao longo de sua carreira, que já dura 18 anos, Diaz já disputou 37 lutas, vencendo 26 e saindo derrotado em nove; além de dois confrontos sem resultado.

O lutador se afastou do esporte pela primeira vez em 2013, após ser batido por Georges St.Pierre em confronto válido pelo título dos meio-médios (até 77kg.). Depois da apresentação, Nick ficou fora de ação por quase dois anos.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário