Em busca de recuperação, Vinícius Mamute enfrenta Tyson Pedro no UFC Auckland

Vindo de três derrotas consecutivas, brasileiro precisa vencer para respirar na organização; luta acontece em 23 de fevereiro

V. Mamute (foto) enfrenta T. Pedro em fevereiro. Foto: Reprodução/Instagram @mamutefive

O meio-pesado (até 93kg.) Vinícius Mamute terá mais uma chance de tentar sua primeira vitória desde que assinou seu contrato profissional com o Ultimate. Sem triunfar pela companhia, o combatente tem duelo marcado contra Tyson Pedro no UFC Auckland, na Nova Zelândia, em 23 de fevereiro. A notícia foi divulgada pela própria empresa.

Veja Também

Johnny Walker desafia Chris Weidman para luta em fevereiro ou março: ‘Vamos dançar’
Polícia confirma morte de enteada de peso pesado do UFC
Miocic manda recado pessoal para Tyson Fury

O encontro de Mamute contra Tyson marca um embate entre lutadores que precisam vencer para melhorarem suas situações dentro da organização. Assim como o brasileiro, Pedro também vem de uma sequência de derrotas e precisará desbancar o rival para se manter vivo em uma das mais importantes instituições de MMA do mundo.

Em seu último compromisso, Vinícius acabou derrotado por Paul Craig, em duelo que representou uma das lutas do UFC Cidade do México. Na ocasião, o brasiliense acabou sucumbindo ao jiu-jitsu do adversário e foi finalizado logo no primeiro round.

Mamute realizou sua estreia pela empresa após ter sido descoberto no reality show promovido pelo presidente na organização: o ‘Dana White’s Contender Series’. Após vencer John Allen Arte, em agosto do ano passado, o atleta carimbou seu passaporte e teve a primeira oportunidade de calçar as luvas do UFC oficialmente em janeiro. A estreia, no entanto, não correu como o planejado. Vinícius acabou sendo nocauteado no primeiro round por Alonzo Menifield e teve frustrado o plano de sucesso imediato.

Em sua segunda performance, Mamute voltou a amargar um duro nocaute. Em confronto contra Eryk Anders, em junho, o brasiliense voltou a sentir a pressão da força de um rival e caiu, assim como na primeira apresentação, no primeiro round. Com dois nocautes e uma finalização sofridos, Vinícius entra, em fevereiro, para a luta mais importante de sua vida.

Tyson, em seu retrospecto recente, precisa apagar as derrotas sofridas para Ovince St. Preux, em junho do ano passado, e para Maurício Shogun, em dezembro. Sem lutar há quase um ano, o australiano deve vencer para voltar ao radar da categoria, que hoje é dominada por Jon Jones.

 

 

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário