Técnico de St. Pierre afirma que apenas superluta traria atleta de volta ao MMA

Firas Zahabi acredita que, com o rival certo, canadense pode voltar a calçar as luvas do UFC

G. St-Pierre fez a última luta da carreira no UFC2 217. Foto: Reprodução/Instagram @georgesstpierre

Desde 2013, o lendário Georges St. Pierre deixou claro que apenas retornaria ao MMA para realizar combates que, de fato, o motivassem a encarar um período rigoroso de treinamento. Este fato se confirma ao analisar o retorno do canadense em combate contra Michael Bisping, em 2017, quando recebeu a oportunidade de lutar pelo título dos médios. Para Firas Zahabi, treinador do combatente, a história pode se repetir e seu pupilo pode voltar a atuar, caso lhe seja oferecida uma grande batalha. Em entrevista ao entrevistador Joe Rogan, o técnico falou sobre o assunto.

Saiba mais

Jacaré revela dúvida sobre a divisão para novo compromisso: ‘Ainda não decidimos’
Jorge Masvidal vê com bons olhos desafio de Nick Diaz: ‘É uma luta que me agrada’
Antes mesmo de encarar Jones, Reyes afirma dar revanche ao campeão: ‘Já estou planejando’

“A minha opinião, e eu não falei sobre isso com ele, é que o que lhe motiva é uma super luta. Ele não quer ser campeão novamente e ficar lutando a cada três ou quatro meses. Isto acabou, não vai mais acontecer. Mas, convide-o para uma super luta e veja o que poderia acontecer”, declarou Firas.

Embora esteja afastado dos combates há mais de dois anos, o técnico, no entanto, admitiu que Georges permanece em constante treinamento. St. Pierre, inclusive, já admitiu publicamente ser apaixonado pela profissão e que não consegue se manter afastado da academia.

“Ele é um competidor, ele continua treinando. Poderia lutar cinco rounds. É claro que ele não poderia lutar cinco rounds agora, mas lhe dê algumas semanas e ele poderia lutar por cinco rounds. (Georges) está numa condição física bem próxima de uma luta. É um monstro, um jovem de 38 anos. Eu poderia lhe dizer que ele parece ter 20 anos”, disse Zahabi.

Há alguns meses, alguns rumores sobre um retorno do canadense ao UFC começaram a surgir após Khabib Nurmagomedov, atual campeão dos leves (até 70,3kg.), admitir o desejo de enfrentar St. Pierre em um combate. Dana White, presidente do Ultimate, foi favorável à ideia e revelou que pretende entrar em negociações com o antigo campeão meio-médio (até 77kg.) e médio (até 93,9kg.) para realizar o desejo do russo.

Recentemente, o Ultimate sinalizou que Nurmagomedov pode retornar ao octógono contra Tony Ferguson, em duelo cogitado para abril. O campeão, inclusive, já assinou o contrato para a peleja e aguarda a resposta de seu rival para a oficialização do combate, que é um dos mais aguardados da história atual do UFC.

Aos 38 anos, Georges é considerado, por muitos, o melhor atleta da história do Ultimate. Com apenas duas derrotas em 28 apresentações, o canadense tem em seu cartel nove defesas do título dos meio-médios.

Em 2017, o combatente, ao bater Bisping, se entrou para o seleto grupo de lutadores a ostentarem dois cinturões em divisões diferentes na história da empresa.

 

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário