Ngannou oferece passagem e desafia Volkov para luta no UFC 246, em janeiro

Franco-camaronês sugere custear viagem de Alexander e segue perseguindo russo em busca de um duelo na divisão dos pesados

F. Ngannou (foto) vvolta a desafiar A. Volkov. Foto: Reprodução/Instagram @francisngannou

O franco-camaronês Francis Ngannou não se cansa de buscar uma nova luta pelo Ultimate. Sem atuar desde a vitória sobre Júnior Cigano, em julho, o combatente, que sonha com uma nova disputa de título, voltou a desafiar Alexander Volkov e ainda se ofereceu para pagar sua passagem para Las Vegas (EUA), onde acontece o UFC 246, em 18 de janeiro. O convite foi feito em sua conta oficial no ‘Twitter’.

Saiba mais

Overeem admite sonho de título pelo UFC: ‘Seria o desfecho perfeito para minha carreira’
Antônio ‘Cara de Sapato’ encara Brad Tavares no UFC Brasília, diz site
Conor McGregor projeta três apresentações para 2020, diz site

Alexander Volkov, como está sua agenda para 18 de janeiro? Me deixe te oferecer uma passagem para a cidade mais agitada do mundo (Las Vegas)”, escreveu o gigante.

Esta não é a primeira vez que Ngannou desafia Volkov para um confronto. Segundo Francis, os dois já deveriam ter se enfrentado no passado, mas, segundo o pesado, o russo evitou encará-lo.

Depois que bateu Greg Hardy no UFC Moscou, realizado no início de novembro, Alexander teve seu nome procurado novamente pelo franco-camaronês.

A confirmação do UFC 246, que marcará o retorno de Conor McGregor ao octógono após mais de um ano afastado do MMA, tem saltado os olhos de atletas, que buscam participar do card, que tem tudo para ser um dos mais assistidos do ano, em parte pela presença do irlandês.

A preocupação de Ngannou, no entanto, não está apenas nos lucros, consequentes de uma participação no espetáculo de Las Vegas. Em ótima fase na carreira, o gigante continua buscando adversários no intuito de receber uma nova chance de lutar pelo cinturão, que hoje pertence a Stipe Miocic.

Longe de um confronto imediato pelo título, já que Miocic deve enfrentar Daniel Cormier em uma revanche, resta a Francis tentar se manter ativo dentro da organização e seguir na linha de frente do ranking, no qual hoje ocupa a segunda posição, atrás apenas de ‘DC’.

Ngannou lutou pelo cinturão em janeiro do ano passado, contra o próprio Stipe. Na ocasião, o franco-camaronês não conseguiu repetir as atuações que o colocaram na condição de desafiante. Mais experiente e com três vitórias incontestáveis em suas últimas apresentações, Francis acredita que tenha aprendido com o erro e pode vir a se tornar um novo campeão da empresa.

 

 

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário