Treinador de St.Pierre afirma que soberania de Khabib pode trazer canadense de volta ao MMA

Firas Zahabi conta que motivação de enfrentar um campeão invicto pode ser a peça que faltava para canadense retornar ao esporte

G. St-Pierre (dir.) pode enfrentar K. Nurmagomedov (esq.) . Foto: Montagem SL/MMA Press

Desde que anunciou sua aposentadoria pela segunda vez, em 2017, Georges St.Pierre não havia dado pistas de que poderia voltar a calçar as luvas do Ultimate. No entanto, a possibilidade de um novo desafio pode mudar a ideia do ex-campeão dos meio-médios (até 77kg.) e médios (até 83,9kg.). Segundo o treinador do canadense, Firas Zahabi, o atleta poderia retornar ao octógono sob a condição de realizar uma superluta contra Khabib Nurmagomedov, campeão dos leves (até 70,3kg.). Em entrevista ao ‘Fight Tips’, o técnico comentou sobre como o russo poderia influenciar na volta do pupilo ao esporte.

Veja Também

Usman ironiza McGregor entre os meio-médios: ‘Imaginem o que eu faria com ele’
Masvidal pressiona McGregor: ‘Se não quiser lutar, me deixe em paz’
Claudinha Gadelha assume relacionamento com ring girl do UFC

“Acho que ele ainda não está aposentado. Ele é tão competitivo, que um dia verá um cara que todo mundo acha imbatível, e ele vai querer voltar. Khabib (Nurmagomedov) é um desses caras”, afirmou Firas.

O técnico, no entanto, tratou de ponderar as possibilidades, afirmando que Georges não estaria disposto a atuar na divisão do russo, que é campeão dos leves. Para realizar o confronto, St.Pierre deveria passar por um severo corte de peso para que pudesse estar em condições de encarar o ‘Águia’ de igual para igual.

“Tem que ser uma luta até 75 kg. O UFC fará isso?”, questionou Zahabi.

Segundo o treinador, o canadense não tem mais a intenção de ostentar um título do Ultimate. A ideia, então, é realizar uma superluta na qual não esteja nenhum título em jogo.

“Georges não quer mais ser campeão no meio-médio, porque isso significa que ele teria que defender o título a cada três ou quatro meses, o que eu acho que esse estilo de vida acabou para ele”, afirmou.

Nurmagomedov recentemente admitiu que pode se aposentar quando completar 30 lutas na carreira. O atleta, que defende seu título contra Tony Ferguson em abril, então, deveria encarar o canadense em seu próximo compromisso, após a disputa contra ‘El Cucuy’. Tanto o atleta quanto a diretoria do Ultimate mostraram interesse na realização do espetáculo, no entanto, confirmação esbarra nas condições de St.Pierre.

 

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments