Masvidal pressiona McGregor: ‘Se não quiser lutar, me deixe em paz’

Nova estrela do Ultimate dá ultimato a irlandês para que aceite um combate após compromisso contra Donald Cerrone, em 18 de janeiro

J. Masvidal em coletiva após o UFC 239. Reprodução/YouTube UFC

O dono do título de mais ‘Casca-Grossa’ do UFC, Jorge Masvidal nunca escondeu o desejo de encarar Conor McGregor em um superluta. No entanto, após diversas incertezas sobre quem será o próximo adversário do irlandês, depois que atleta encarar Donald Cerrone, em 18 de janeiro, o ‘bad-boy’ mostrou impaciência com o ‘Notório’ e exigiu que o astro do MMA se decida. A declaração foi feita em entrevista ao repórter da ‘ESPN’, Ariel Helwani.

Veja Também

Claudinha Gadelha assume relacionamento com ring girl do UFC
Dana White pede respeito a Cerrone antes de confronto contra McGregor
Conor McGregor coloca Justin Gaethje na lista de futuros adversários

“Eu gostaria de fazer essa luta porque envolveria muito dinheiro. É um cara que foi campeão de duas divisões do UFC, tem alguns recordes impressionantes e está voltando ao octógono. Então, por esse aspecto, seria sim uma boa luta. Nós dois conseguimos vender bem os combates, em qualquer lugar, e damos um show de violência”, afirmou Jorge.

O norte-americano, no entanto, embora deseje se testar contra o irlandês, contou que não entrará no ‘jogo de espera’ de Conor. Masvidal já havia contado em declarações recentes que tem pressa de realizar um novo combate e fazer dinheiro.

“Se o cara não quer lutar, eu não sou um valentão. Vá fazer o seu negócio. Se ele não quer lutar, eu não ligo a mínima. Não quer, tudo bem, mas não fique me provocando. Se não quiser lutar, me deixe em paz”, disse o ‘casca-grossa’.

Enquanto Jorge vive um momento mágico na carreira, após um 2019 brilhante, McGregor tenta recuperar o prestígio dentro do esporte que o despontou como grande estrela do MMA. Sem lutar há mais de um ano, o ‘Notório’ está escalado para encabeçar o UFC 246, quando encara Donald Cerrone entre os meio-médios (até 77kg.).

As notícias sobre enfrentar Conor podem não ser das mais animadoras para Masvidal. Afinal, caso vença Cerrone, o presidente do Ultimate, Dana White, já sinalizou que o atleta pode voltar aos leves para realizar a revanche contra Khabib Nurmagomedov. McGregor, por sua vez, recentemente afirmou o desejo de encarar Justin Gaethje depois de ‘Cowboy’.

 

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

1 Comentário
Inline Feedbacks
View all comments
Ricardo De Deus
10 meses atrás

Uma coisa eu admito, esse Conor McChicken é “bom de boca”, pq mesmo sendo um lutador não mais que razoável, além de desestabilizar emocionalmente seus adversários, ainda consegue combates bem lucrativos.